A INOVAÇÃO NAS EMPRESAS METALMECÂNICAS: UM FOCO SOBRE A AMBIÊNCIA INOVADORA

Ricardo Tomaz Caires, Renan Araújo de Azevedo, Rejane Sartori

Resumo


Sabe-se que inovar é diferencial competitivo para qualquer organização. Porém, existem empresas que mesmo conhecendo as exigências do cenário atual, deixam de criar um ambiente favorável à inovação. Assim, o objetivo deste trabalho é analisar a mensuração da inovação por meio do Radar da Inovação e observar o comportamento da dimensão Ambiência Inovadora. Para tanto, a partir de referenciais teóricos sobre inovação e ambiência inovadora, foi utilizada a metodologia de coleta de dados do Programa Agentes Locais de Inovação do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas por meio do diagnóstico Radar da Inovação, tendo sido abordadas 20 empresas do setor metalmecânico da cidade de Maringá no Paraná. Percebe-se um avanço nas médias dos resultados entre os diagnósticos aplicados, com uma tendência favorável para algumas dimensões, o que é evidenciado com as respostas obtidas nos questionários e nas observações diretas.

Palavras-chave


Inovação; Radar da Inovação; Ambiência Inovadora;

Texto completo:

PDF

Referências


ARANTES, Nélio. Empresas Válidas: como elas alcançam resultados superiores ao servirem a sociedade. São Paulo: Évora, 2012.

ARRUDA, Mônica Ferraz de Arruda. Cultura Organizacional e Inovação: estudo de caso em um hospital privado com características de inovação no município de São Paulo. Fundação Getúlio Vargas. São Paulo, 2006.

BACHMANN, Dórian L. Guia para Inovação: Instrumento para a melhoria das dimensões da inovação. 2.ed. Curitiba: SK Editora Ltda., 2015.

BACHMANN, Dórian L.; DESTEFANI, Jully Heverly. Metodologia para Estimar o Grau de Inovação nas MPE - Cultura do Empreendedorismo e Inovação. Curitiba, 2008.

BARBIERI, J. C. et al. Organizações Inovadoras: Estudos e Casos Brasileiros. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2003.

CARVALHO, Lidiane dos Santos; LIMA, Clóvis Ricardo Montenegro de. Administração da Informação para a Inovação em uma Organização. Londrina, 2013.

CORAL, Eliza, OGLIARI, André, ABREU, Aline França de (Org.). Gestão integrada da inovação: estratégia, organização e desenvolvimento de produtos. 1.ed. São Paulo: Atlas, 2011.

DECESARO, Leonardo et al. A Influência da Geração X e Y na Inovação de Produto e Processo na Indústria Metalmecânica do Rio Grande do Sul. Revista Brasileira de Gestão e Inovação, v. 5, n. 2, p. 30-58, 2017.

FACCO, Carlos Alberto. Internacionalização, Aprendizagem Interativa e Acumulação de Capacidades Tecnológicas em Arranjos Produtivos Locais. Projeto de dissertação de mestrado. Universidade Positivo. Curitiba, 2009.

KNOX, Simon. The boardroom agenda: developing the innovative organisation. Corporate Governance: The international journal of business in society, v. 2, n. 1, p. 27-36, 2002.

LUIZ, P. H. ; FERRARESI DE ARAUJO, G. J. A ambiência inovadora nas pequenas empresas atendidas pelo Programa Agentes Locais de Inovação de Ribeirão Preto/SP. Revista Interdisciplinar NAEEP, v. 1, p. 1, 2017.

ORGANIZAÇÃO PARA A COOPERAÇÃO E DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO. Manual de Oslo: proposta de diretrizes para coleta e interpretação de dados sobre inovação tecnológica. Tradução da Financiadora de Estudos e Projetos. Paris: OCED, 2004.

PAREDES, B. J. B.; SANTANA, G. A.; FELL, A. F. de A. Um estudo de aplicação do radar da inovação: o grau de inovação organizacional em uma empresa de pequeno porte do setor metal-mecânico. Navus - Revista de Gestão e Tecnologia. Florianópolis, SC, v. 4, n. 1, p. 76-88 jan./jun. 2014.

SAWHNEY, Mohanbir; WOLCOTT, Robert C.; ARRONIZ, Inigo. The 12 different ways for companies to innovate. MIT Sloan management review, v. 47, n. 3, p. 75, 2006.

SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS. Diagnóstico – Radar da Inovação nos Pequenos Negócios. 2014. Disponível em: . Acesso em: 05 jul. 2018.




DOI: http://dx.doi.org/10.9771/cp.v11i4.27183

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



Rede NIT-NE - Cadernos de Prospecção ISSN:1983-1358 (impresso) / ISSN: 2317-0026 (on-line)