POTENCIAL DE INDICAÇÃO GEOGRÁFICA DO MEL NA RIDE-DF

Alessandro Aveni, Regina Coeli Andrade Marques, Cínthia Ximenes, Carolina Roberte de Oliveira

Resumo


Este artigo analisa o potencial de IG do mel na RIDE – Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno (RIDE). A pesquisa foi bibliográfica, com estudo descritivo, qualitativo, para identificar variáveis que influenciam o potencial de IG do mel, o qual possui qualidade superior ao de outras regiões pelo clima seco e com baixa umidade, que o torna mais puro. A apicultura está bem estabelecida e em crescimento; segundo a Associação de Apicultores do DF – APIDF a produção local é vendida toda na região, e uma IG pode enfraquecer a APIDF, pois outra entidade executaria o gerenciamento da IG. As dificuldades para o aumento da produção são depredações e roubos de colmeias, incêndios ambientais, uso de agrotóxicos no pasto apícola e falta de formação dos apicultores. Há necessidade de mais conhecimento sobre IG; um folder sobre IG e seus benefícios foi produzido para os apicultores da RIDE

Palavras-chave


Tecnologia; Inovação; Prospecção; Informação Tecnológica;Indicações Geogra´ficas; Propriedade Intelectual; Invenção; Marcas.

Texto completo:

PDF

Referências


REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

CIG/DEPTA/SDC/MAPA. Indicação Geográfica: Guia para solicitação de Registro de Indicação Geográfica para produtos Agropecuários. Brasília: MAPA, [s.d.].

CONHEÇA o histórico da apicultura no Brasil. Publicado em: 20 out. 2015. Disponível em:http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/artigos/conheca-o-historico-da-apicultura-no-brasil. Acesso em: 12 mar. 2018.

EMATER-DF. Brasília tem o melhor mel do país. AGROINFORME. Boletim do Núcleo de Agronegócio - Ano V nº 026,19/07/2010, Brasília-DF, 2010.

MEDEIROS, M. de L. & PASSADOR, J. L. Revista Perspectivas Contemporâneas, v. 10, n. 3, p. 56-79, set./dez. 2015. Disponível em: http://revista.grupointegrado.br/revista/index.php/perspectivascontemporaneas. Acesso em: 2 maio 2018.

PORTO, P. C. R. As marcas coletivas na agropecuária. In: PLAZA, C. M. C. A. et al. (Eds.). Propriedade Intelectual na Agricultura. Belo Horizonte: Fórum, 2012, p. 255-288.

PRODUÇÃO de mel é opção para agricultura familiar. Disponível em: http://www.agrobrasilia.com.br/noticias/36-noticias/831-producao-de-mel-e-opcao-para-agricultura-familiar.html. Acesso em: 20 mar. 2018.

PRODUÇAO da pecuária municipal, 2016. Disponível em: https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/periodicos/84/ppm_2016_v44_br.pdf. Acesso em: 13 maio 2018.

PRODUTOR de mel orgânico diversifica e cria linha mais mel. Disponível em: http://www.agenciasebrae.com.br/sites/asn/uf/DF/produtor-de-mel-organico-diversifica-e-cria-linha-mais-mel-df,ad69575d50933510VgnVCM1000004c00210aRCRD. Acesso em: 10 mar. 2018.

SEBRAE – Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas. Indicações geográficas brasileiras. GIESBRECHT, Hulda Oliveira & MINAS, Raquel Beatriz Almeida de (Coordenadoras). 5. ed. Brasília: Sebrae, INPI, 2016, 327 p.

SEBRAE – Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas. APL Arranjo Produtivo Local. Série Empreendimentos Coletivos, 2014.

SETOR de apicultura se mantém firme e crescente em todo o país. Disponível em: http://sistemafaeg.com.br/noticias/16544-setor-de-apicultura-se-mantem-firme-e-crescente-em-todo-o-pais. Acesso em: 30 maio 2018.

SILVA, R.A.; MAIA, G.A.; SOUSA, P.H.M.; COSTA, J.M.C. Composição e Propriedades Terapêuticas do Mel de Abelha. Alim. Nutr., Araraquara v.17, n.1, p.113-120, jan./mar. 2006.

TREGEAR, A.; GIRAUD, G. Geographical Indications, Consumers and Citizens. In: BARHAM, E.; SYLVANDER, B. (Eds.). Labels of origin for food: local development, global recognition. Oxfordshire: CABI, 2011, p. 63-74.

Documentos pesquisados disponíveis em meio eletrônico

APICULTURA fomenta cadeia produtiva do DF. Disponível em: http://www.mda.gov.br/sitemda/noticias/apicultura-fomenta-cadeia-produtiva-do-df. . Acesso em: 23 abr. 2018.

APICULTURA integrada e sustentável. Disponível em: http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/artigos/apicultura-integrada-e-sustentavel,c3e5438af1c92410VgnVCM100000b272010aRCRD. Acesso em: 30 abr. 2018.

ASSOCIAÇÃO Apícola do Distrito Federal. Disponível em: http://apacame.org.br/site/voe/associacao-apicola-do-distrito-federal-apidf/ . Acesso em 28 abr. 2018.

BRASIL. Lei nº 9.279, de 14 de maio de 1996. Disponível em: http://www.planalto.gov.br.Acesso em: 20 abr. 2018.

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE APICULTURA - CBA. Disponível em: http://brasilapicola.com.br/cba/. Acesso em: 22 abr. 2018.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.



Rede NIT-NE - Cadernos de Prospecção ISSN:1983-1358 (impresso) / ISSN: 2317-0026 (on-line)