VIABILIDADE FINANCEIRA DO SECADOR SOLAR VERTICAL NA REGIÃO CACAUEIRA

Fernanda Vargas Amigo, Geovana Pires Lima, Jorge Henrique Sales, Katianny Gomes Estival

Resumo


A região cacaueira até os anos 80 representava uma significativa contribuição no mercado mundial de cacau, entretanto teve sua produção afetada substancialmente devido à praga da vassoura de bruxa somado a práticas ultrapassadas de beneficiamento. Atualmente a produtividade da região cacaueira ainda é muito baixa, e para voltar a ter expressividade no mercado mundial é necessário a introdução de tecnologias no setor. Desta forma, este trabalho apresenta um estudo comparativo técnico/financeiro entre dois sistemas de secagem, sendo o primeiro, a forma tradicional e o segundo a proposta de um secador solar vertical, nos quais foram avaliados os efeitos térmicos de ambos os sistemas, objetivando relacionar a eficiência no processo de secagem e da viabilidade financeira entre estes. Foi empregado o método de análise financeira para comparar os sistemas, e o resultado obtido no cálculo da taxa interna de retorno (TIR) da torre foi de 135% a uma taxa de a atratividade mínima (TMA) de 10% ao mês e na barcaça para a mesma a TMA, a TIR é equivalente a 15%. O valor presente liquido (VPL) também foi calculado e o VPL da torre corresponde a R$ 49.190,90 e da barcaça R$ 7.979,25. Com estes resultados é possível concluir que a ambos os sistemas são viáveis, pois apresentam TIR maior que TMA e VPL positivo, porém a TIR e VPL da torre é substancialmente superior, desta forma possui maior atratividade. Além disso, na torre vertical o retorno do investimento ocorre desde o primeiro mês de operação, o que não acontece com a barcaça, na qual o retorno só ocorre no sexto mês. 


Texto completo:

PDF

Referências


ALVES FILHO, M.,.Jornal UNICAMP, 192 - ANO XVII – São Paula30 de setembro a 6 de outubro de 2002. Disponível em < http://www.unicamp.br/unicamp/unicamp_hoje/ju/setembro2002/unihoje_ju192pag03.html> Acesso em: < 25 de fevereiro de 2016>.

BARROS, J. C. ; A saga do cacau na Bahia. ONG Repórter Brasil. São Paulo 2005. Disponível em < http://reporterbrasil.org.br/2005/05/a-saga-do-cacau-na-bahia/> Acesso em: 20 de abril de 2016.

BASTOS, T. S.; SANCHES, P. S. A importância do orçamento de capital na empresa: Estudo de Caso em uma Indústria Metalúrgica da cidade de Marília-SP/ Bruna Taiara da Silva Bastos, Patrícia da Silva Sanches; orientador: Vânia Cristina Gutierrez. Marília , SP: 2014.

CODEVASF, PROJETO INTEGRADO DE NEGÓCIOS SUSTENTÁVEIS – PINS: Cadeia produtiva de cacau:oportunidade de investimento em cacauicultura no vale do são Francisco e do Parnaíba, Brasília, DF 2009.

CUNHA, J. e SERODIO, R. dos S. 1991. Tecnologia disponível para o beneficiamento e armazenamento do cacau. CEPLAC/CEPEC. Boletim Técnico nQ 172. 45 p. Ilhéus, Bahia 1991.

EFRAIM P; GARCÍA N. H. P; -JARDIM D. C. P; NISHIKAWA A; HADDAD R; EBERLIN M. N. Influence of cocoa beans fermentation and drying on the polyphenol content and sensory acceptance. SCIELO. Food Science and Technology, maio, 2010.

ENTENDA como funciona o mercado de crédito de carbono. Editora PORTAL BRASIL, 2012. Disponível em < http://www.brasil.gov.br/meio-ambiente/2012/04/entenda-como-funciona-o-mercado-de-credito-de-carbono> Acesso em 19 de março de 2016.

EVANGELISTA, M. L. S. Estudo comparativo de análise de investimentos em projetos entre o método vpl e o de opções reais: o caso cooperativa de crédito - Sicredi Noroeste. 163 f. Tese (Doutorado), Universidade Federal de Santa Caratina, Florianópoles, 2006.

GITMAN, L. J. Princípios da Administração Financeira. 7 ed. São Paulo: Harbra, 2002.

HALLIDAY, D., RESNICK,R., WALKER, J., Fundamentos de física. 6ª edição, vol. 2, editora LTC, 2002.

IBGE- INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Anuário estatístico do Brasil. v. 61. Rio de Janeiro: Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, 2000. ISSN 0100-1299. Disponível em: < http://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/periodicos/20/aeb_2000.pdf> Acesso em: 19 de novembro de 2015.

LIMA, G. P. A. ; SALES, J. H. . Sistema alternativo para secagem de cacau e geração de energia. Revista GEINTEC: gestão, inovação e tecnologias, v. 5, p. 1703-1715, 2015.

LIMA, G. P. A.; SANTOS, E. C; SALES, J. H. Sistema inovador de secagem de grãos - uma abordagem sustentável. IN XXXV Encontro Nacional De Engenharia de Produção. XXXV ENEGEP, 2015. Anais, Fortaleza, 2015.

MARQUEZAN, L. H. F.; Análise de Investimentos. Revista Eletrônica de Contabilidade Curso de Ciências Contábeis,Santa Maria,v.3, n.1 jun.2006.

MARTINS NETO, F., J. Estudo da viabilidade técnica da implantação de pomar de Cacau e Banana consorciados no município de Tucumã-PA. Boletim técnico UPIS. Planaltina, Distrito Federal Junho de 2005.

MARTINS, J.M.; Martins J. M.; 0J.H. F.; Silva W. S.; Silva V. B.; Arruda J. A. P; Nascimento J. A. R.; Dortas L. C.; Freitas A. J. A.; Ramos A. R.. Melhoria da Qualidade de Cacau. Ilhéus. 2012 CEPLAC/CENEX. 45p.

MERCADO DO CACAU, Informações chocolate e cacau. Cotações cacau. 2016. Disponível em: < http://mercadodocacau.com/cotacoes> Acesso em: 25 de maio de 2016.

MOTTA, R. R.; CALÔBA, G. M. Análise de investimentos: tomada de decisão em projetos industriais. São Paulo: Editora Atlas, 2002.

PESQUISA mostra impactos causados pela extração da madeira na Amazônia, Editora Abril AS, São Paulo, 2012 . Disponível em . Acesso em: 12 de março de 2016.

SANTOS, A. M; ZUGAIB, A. C. C; SANTOS G. B. M; NASCIMENTO V. A. Análise Econômica dos Sistemas de Produção de Cacau. CICacau- centro de inteligência do cacau. Universidade Estadual de Santa Cruz. Ilhéus, novembro de 2014.

SANTOS, E. C, modelagem de um secador de grãos vertical, Dissertação (Mestrado) – UNIVERSIDADE ESTADUAL DE SANTA CRUZ PRO-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO , Ilhéus, 2015.

SANTOS, E. C.; SALES, J. H. D. O.; DANTAS, I. simulação de um secador vertical. XVI Encontro de modelagem Computacional, Ilhéus - BA, v. 1, p. 1–10, 2013.

SANTOS, E. C.; SALES, J. H. D. O.; LIMA, C. A. COMSOL Multiphysics® Model of a solar dryer. Revista COMSOL Multiphysics®, v1, p 1-5, 2014

SANTOS, E. SALES J. H. O. Secador vertical solar para amêndoas de cacau, Revista GEINTEC Gestão, Inovações e Tecnologias, v. 4, p. 1594-1605, 2014.

SOGLIA, L. V. M; LIMA, G. P. A; SALES, J. H. D. O Desenvolvimento de um gerador de ar quente e acumulador de calor utilizando energia solar para a secagem de amêndoas de cacau. 68ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência 68ª SBPC. Anais. Porto Seguro, 2016.

SVIECH, V.; MANTOVAN E. A. Análise de investimentos: controvérsias na utilização da TIR e VPL na comparação de projetos. Revista Percurso. v13, n 1. Curitiba, 2013.




DOI: http://dx.doi.org/10.9771/cp.v11i2.23110

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



Rede NIT-NE - Cadernos de Prospecção ISSN:1983-1358 (impresso) / ISSN: 2317-0026 (on-line)