PROSPECÇÃO TECNOLÓGICA: UM MAPEAMENTO DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL NOS INSTITUTOS FEDERAIS DE EDUCAÇÃO NO NORDESTE

Lidiane Oliveira Araujo, Mariana Chaves Antenor, Juliana Santos Andrade, Renata Farias Fernandes, Geovane Gomes Araujo, Romulo Ferrer Carneiro, Joelia Marques Carneiro

Resumo


Analisa a atuação dos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia (IFs) da região nordeste do Brasil, em relação à Propriedades Industriais (patentes, marcas e softwares) depositadas/registradas, considerando o corte temporal de 2006 a 2016. O levantamento foi realizado mediante busca na Base de Dados do INPI, onde a expressão de busca no campo nome do depositante/titular foi a denominação de cada um dos 11 institutos da região nordeste. A busca resultou em 141 patentes depositadas, 33 marcas, 91 softwares. As Propriedades Industriais são relacionadas segundo o tipo de documento (patente, marca, software), o tipo de patente (Patente de Invenção e Modelo de Utilidade), a sua distribuição geográfica, a data de depósito e quanto à Classificação Internacional de Patentes (IPC). O Estado na Bahia se destaca como maior depositante da região nordeste e o único a possuir Carta Patente.


Texto completo:

PDF

Referências


REFERÊNCIAS

BRASIL. Lei No 10.973, de 2 de dezembro de 2004. Disponível em: . Acesso em: 08 de julho de 2017.

BRASIL. Lei Nº 11.892, de 29 de dezembro de 2008. Disponível em: . Acesso em: 08 de julho de 2017.

IFAL. NIT-Histórico. Disponível em: . Acesso em 08 de julho de 2017.

IFAL. Resolução nº 19/CS, de 14 de junho de 2010. Disponível em: . Acesso em: 08 de julho de 2017.

IFBA. Portaria nº 646, de 31 de agosto de 2007. Disponível em: . Acesso em: 11 de julho de 2017.

IFBA. Regimento Geral do IFBA. Disponível em: . Acesso em: 11 de julho de 2017.

IF BAIANO. NIT. Disponível em: . Acesso em: 08 de julho de 2017.

IF BAIANO. Resolução/CONSUP n" 35, de 01 de setembro de 2016. Disponível em: . Acessado em 08 de julho de 2017.

IFCE. Núcleo de Inovação Tecnológica. Disponível em: . Acesso em: 08 de julho de 2017.

IFCE. Resolução n° 005, de 04 de fevereiro de 2011. Disponível em: . Acesso em: 08 de julho de 2017.

IFMA. Resolução Nº 04/2009, de 25 de maio de 2009. Disponível em: . Acesso em: 14 de julho de 2017.

IFPB. Inovação. Disponível em: . Acesso em: 09 de julho de 2017.

IFPB. Resolução n° 238, de 17 de dezembro de 2015. Disponível em: . Acesso em: 11 de julho de 2017.

IFPE. Portaria N° 994/2010, 24 de agosto de 2010. Disponível em: < http://www.ifpe.edu.br/o-ifpe/pesquisa-pos-graduacao-e-inovacao/inovacao >. Acesso em: 09 de julho de 2017.

IFPI. Manual de normas. Disponível em: . Acesso em: 11 de julho de 2017.

IFRN. Resolução Nº 07/2011-CONSUP, 20 de maio de 2011. Disponível em: . Acesso em: 11 de julho de 2017.

IFS. Resolução Nº 019/2007/CD, 24 de outubro de 2007. Disponível em: . Acesso em: 11 de julho de 2017.

MEC. Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica. Disponível em: . Acesso em: 08 de julho de 2017.




DOI: http://dx.doi.org/10.9771/cp.v11i2.23078

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



Rede NIT-NE - Cadernos de Prospecção ISSN:1983-1358 (impresso) / ISSN: 2317-0026 (on-line)