ESTUDO PROSPECTIVO DE TECNOLOGIAS POTENCIAIS PARA A SOLUÇÃO DA CRISE HÍDRICA NO BRASIL

Sarah Monteiro Galdino, Ronara Marques Ribeiro de Sousa, Sibelle Moreira Goes Costa, João Paulo Correia Ferreira

Resumo


A escassez de água potável desencadeou uma crise hídrica que o país enfrenta há vários anos, isso levou a necessidade de desenvolver tecnologias capazes de reverter esse cenário que assola o país, principalmente as regiões nordeste e sudeste, onde estão concentrados os maiores reservatórios de água distribuidores para os demais estados. Este trabalho tem como objetivo realizar pesquisas na base de patentes do Instituto Nacional de Propriedade Industrial - INPI, referente às tecnologias que estão associadas a dessalinização e reuso de água. Após monitorar referida base, observou-se a existência de inúmeras soluções aplicáveis ao problema, inclusive iniciativas internacionais. Conclui-se que mesmo sendo um assunto bastante difundido existem poucas iniciativas nacionais para impulsionar essa solução, onde a maioria ainda está concentrada em inventores independentes, que precisam de respaldo institucional para tornar seus inventos acessíveis a um custo que garanta a transferência dessas tecnologias para populações carentes de acesso à água potável.

Texto completo:

PDF

Referências


CAMARGO, A. L. B. Desenvolvimento sustentável: dimensões e desafios. Campinas, SP: Papirus,2003.

CONHEÇA 6 países que encontraram a solução para a crise de água. 03 fev. 2015. FIBRAN do Brasil.Disponível em .Acesso em: 05 jul. 2017.

ESTRATÉGIA nacional de ciência, tecnologia e inovação: 2016 – 2019. Brasília: Ministério da Ciência,Tecnologia e Inovação, 2016.

GLEICK, P. H. The world’s water. 2000-2001. Report on Freshwater Resources. Island Press,2000. 315p.

GLOBAL metrics for the environment. Environment performance Index. 2016. Disponível em:

. Acesso em: 07 jul. 2017 .

MAGALHÃES, L.E. A Questão Ambiental. São Paulo: Terragraph, 1994.

NUNES, Bernardo Furtado et al. Documentos de patentes depositados por brasileiros no Brasil sobre biotecnologia aplicada à saúde humana. Rio de Janeiro: Instituto Nacional de Propriedade Industrial, 2015.

PENA, Rodolfo F. Alves. A crise da água no Brasil. Mundo Educação. 2017. Disponível em:

. Acesso em: 30 jun.2017.

ROTAS estratégicas setoriais: estudo socioeconômico: água. Fortaleza: Federação das Indústrias do Estado do Ceará, 2016.

SOMLYODY, L; VARIS, O. Freshwater under pressure. International Review for Environmental Strategies, v.6, n.2, p.181-204, 2006.




DOI: http://dx.doi.org/10.9771/cp.v11i2.23004

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



Rede NIT-NE - Cadernos de Prospecção ISSN:1983-1358 (impresso) / ISSN: 2317-0026 (on-line)