ESTUDO PROSPECTIVO SOBRE SISTEMAS DE IRRIGAÇÃO DE PLANTAS DE PEQUENO E MÉDIO PORTE

Ana Carolina Nerva Blumm, Sanderson César Macedo Barbalho, Grace Ferreira Ghesti, Paulo Gustavo Barboni Dantas Nascimento

Resumo


A necessidade diária de irrigação de plantas é de conhecimento comum, contudo, há poucas soluções disponíveis no mercado para atender a esta carência. Com esse objetivo, foi desenvolvido um estudo a respeito de uma invenção relacionada à irrigação automática de plantas de pequeno e médio porte. Para isso, foi realizada uma busca de anterioridade que concluiu que a invenção não é passível de proteção, por não atender ao critério de atividade inventiva, apesar de se encaixar nos outros requisitos. Também foi realizada uma prospecção tecnológica que destacou a China e os EUA como países que desenvolvem pesquisas na área. O estudo prospectivo concluiu que a tecnologia está madura. Então, aplicou-se um Business Model e a Matriz SWOT para definição da melhor estratégia de transferência de tecnologia para a invenção, que indicou o spin-off, haja visto que a invenção está madura e há potencial de valor para a mesma.

Texto completo:

PDF

Referências


AMERICAN SUPPLIER INSTITUTE - ASI. Quality Function Deployment: implementation manual: 3-day workshop. Dearborn, ASI, 1993.

BRASIL. Lei nº 9.279, de 14 de maio de 1996. Regula direitos e obrigações relativos à propriedade industrial. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9279.htm >. Acesso em junho de 2017.

BRASIL. Lei no 10.973, de 2 de dezembro de 2004. Dispõe sobre incentivos à inovação e à pesquisa científica e tecnológica no ambiente produtivo e dá outras providências. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2004/lei/l10.973.htm >. Acesso em junho de 2017.

BRASIL. Lei nº 13.243, de 11 de janeiro de 2016. Dispõe sobre estímulos ao desenvolvimento científico, à pesquisa, à capacitação científica e tecnológica e à inovação. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2016/lei/l13243.htm >. Acesso em junho de 2017.

DORF, B. & BLANK, S. The Startup Owner’s Manual – the Step-by-Step Guide for Building a Great Company. California, USA: K&Ranch, Inc. Publishers, 2012.

ESPACENET [Base de dados – Internet]. European Patent Office; 2017. Disponível em:

https://worldwide.espacenet.com/> Acesso em jun. 2017.

IAIA. Aumento do tráfego áreo. Disponível em: . Acesso em junho de 2017.

Instituto Nacional de Propriedade Industrial - INPI. Perguntas frequentes - Patente. Disponível em: . Acesso em junho de 2017.

MACEDO, E. Tendências para lojas virtuais em 2016. Disponível em: . Acesso em junho de 2017.

MANKINS, John C. Technology readiness levels. Washington, DC: A White Paper, v. 6, 1995.

OSTERWALDER, A. & PIGNEUR, Y. Business Model Canvas - Inovação em Modelos de Negócios. Um Manual para Visionários, Inovadores e Revolucionários. Rio de Janeiro: Alta Books, 2011.

QUINTELLA, C. M. et al. , CO2 Enhanced Oil Recovery and Geologic Storage: An Overview with Technology Assessment Based on Patents and Articles In: SPE International Conference on Health, Safety and Environment in Oil and Gas Exploration and Production, 2010a, Rio de Janeiro, RJ, Brasil

ROZENFELD, H. ; FORCELLINI, F.A. ; AMARAL, D.C. ; TOLEDO, J.C. ; SILVA, S.L. ; ALLIPRANDINI, D.H. ;SCALICE, R.K. . Gestão de Desenvolvimento de Produtos: uma referência para a melhoria do processo. 1. ed. São Paulo: Saraiva, 2006.

SANTOS, M.; TOLEDO, P.; LOTUFO, R. (Org.). Transferência de Tecnologia: Estratégias para estruturação e gestão de Núcleos de Inovação Tecnológica. Campinas, SP: Komedi, 2009.

SEBRAE. Comercialização de flores e plantas ornamentais. Disponível em: < http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/artigos/o-mercado-brasileiro-de-flores-e-plantas-ornamentais,456649f6ced44510VgnVCM1000004c00210aRCRD >. Acesso em junho de 2017.

SCOPUS [Base de dados ̶ Internet]. Elsevier; 2017. Disponível em: Acesso em jun. 2017.

Schumpeter, J. The instablity of capitalism. United Kingdom: The Economic Journal, p. 361-386, 1928.

Technology Readiness Assessment Guide (DOE G 413.3-4)". United States Department of Energy, Office of Management. Sep 15, 2011.

WEB OF SCIENCE [Base de dados – Internet]. Clarivate Analytics; 2017. Disponível em: Acesso em jun. 2017.




DOI: http://dx.doi.org/10.9771/cp.v10i4.22960

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



Rede NIT-NE - Cadernos de Prospecção ISSN:1983-1358 (impresso) / ISSN: 2317-0026 (on-line)