ESTUDO PROSPECTIVO RELATIVO A DEPÓSITOS DE PATENTES RELACIONADAS À ELABORAÇÃO DE BEBIDAS NÃO ALCOÓLICAS COM ADIÇÃO DE INGREDIENTES FUNCIONAIS

Darcilene Fiuza da Silva, Paulo Leonardo Lima Ribeiro, Janice Izabel Druzian, Maria Eugênia Mamede, Renata Quartieri Nascimento, Ivo Henrique Pinto Andrade

Resumo


A população sempre demonstrou interesse na área de alimentação, associado com a crescente busca por hábitos de vida mais saudáveis e alimentos que fornecem algum benefício à saúde. Sendo assim, essa prospecção tem como objetivo realizar o mapeamento de documentos de patentes referente à tecnologia de bebidas não alcoólicas e funcionais, de modo a avaliar os principais detentores desta tecnologia. A consulta foi realizada nas bases de dados Espacenet® e INPI. O código mais encontrado nas patentes foi A23L33/10. Em 2016 ocorreu o maior número de depósitos. A China foi o maior depositante seguido do Brasil. As empresas foram as maiores depositantes. É necessário investimento e incentivo intelectual e financeiro no setor para contribuir com a mudança deste cenário. Devido ao grande potencial de expansão do mercado e a possibilidade de uma vida mais saudável, as bebidas funcionais são tendências mundial.

Texto completo:

PDF

Referências


FAO [Base de dados – Internet]. Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura. Perdas e desperdícios de alimentos na América Latina e no Caribe. Disponível em: . Acesso em: 03 mar. 2017.

HENRY, C. J. Functional foods. European Journal of Clinical Nutrition, v. 64, p. 57, 2010.

KAUR, N., SINGH, D. P. Deciphering the consumer behaviour facets of functional foods: A literature review. Appetite, v.112, p. 167 -187, 2017.

MUELLER, S. P. M.; PERUCCHI, V. Universidades e a produção de patentes: tópicos de interesse para o estudioso da informação tecnológica. Perspectivas em Ciência da Informação, v.19, n.2, p.15-36, 2014.

NITZKE, J. A. Alimentos Funcionais – Uma Análise Histórica e Conceitual. In: DORR, A. C.; ROSSATO, M. V.; ZULIAN, A. (Org.). Agronegócio: panorama, perspectivas e influencia do mercado de alimentos certificados. Curitiba: Appris, 2012, p. 11-23.

RAUD, C. Os alimentos funcionais: a nova fronteira da indústria alimentar análise das estratégias da Danone e da Nestlé no mercado brasileiro de iogurtes. Revista de Sociologia e Política. Curitiba, v.16, n.31, 2008.

SCUDELER, M. A., OLIVEIRA, M. C. S. C. de. A contribuição do sistema de patentes para o desenvolvimento econômico e tecnológico: uma análise sumária do perfil inovativo do país a partir dos depósitos de patente perante o INPI. Publica Direito. Disponível em: . Acesso em: 12 fev. 2017.

SEBRAE. Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas. Mercado De Fruticultura: Panorama do setor no Brasil. Boletim de Inteligência. Brasília, 2015. 5 p.

SHERWOOD, R. M. Propriedade intelectual e desenvolvimento econômico. Edusp, 1992.

SIEGRIST, M., SHI, J., GIUSTO, A., HARTMANN, C. Worlds apart. Consumer acceptance of functional foods and beverages in Germany and China. Appetite, v. 92, p. 87-93, 2015.

SIRO, I. et al. Functional food. Product development, marketing and consumer acceptance—A review. Appetite, v. 51, n. 3, p. 456-467, 2008.

WIPO [Base de dados – Internet]. World Intellectual Property Organization.

Global Innovation Index 2016: Switzerland, Sweden, UK, U.S., Finland, Singapore Lead; China Joins Top 25. Disponível em: < http://www.wipo.int/pressroom/en/articles/2016/article_0008.html>. Acesso em: 25 mar. 2017.

WIPO [Base de dados – Internet]. World Intellectual Property Organization. Record Year for International Patent Applications in 2016; Strong Demand Also for Trademark and Industrial Design Protection. Disponível em: . Acesso em: 25 mar. 2017.

YANG, Y. Scientific Substantiation of Functional Food Health Claims in China. The Journal Of Nutrition, p. 1199-1205, 2008.




DOI: http://dx.doi.org/10.9771/cp.v10i4.22952

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



Rede NIT-NE - Cadernos de Prospecção ISSN:1983-1358 (impresso) / ISSN: 2317-0026 (on-line)