ANÁLISE DE DOCUMENTOS DE PATENTES SOBRE COPAIBA: UMA COMPARAÇÃO ENTRE FONTES DE DADOS

Evelyn Seilhe Guerreiro, Leila Mendes de Oliveira Daltro, Nubia Moura Ribeiro, Elias Ramos de Souza

Resumo


O presente artigo traz uma visão analítica e comparativa da proteção da copaíba, elemento importante da biodiversidade brasileira, nas bases de patentes do Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI), do Escritório Europeu de Patentes (European Patent Office, ESPACENET) e do software ORBIT®, revelando qual a concepção estratégica das empresas e ICTs nacionais e internacionais quanto à necessidade e relevância da proteção de ativos de propriedade intelectual.


Texto completo:

PDF

Referências


ESPACENET. Escritório Europeu de Patentes. Busca avançada de patentes. Disponível em . Acesso em 18 mai. 2017.

INPI. Instituto Nacional de Propriedade Industrial. Consulta à base de dados do INPI. Disponível em . Acesso em 18 mai. 2017.

GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

PIERI, F.A.1; MUSSI, M.C.2; MOREIRA, M.A.S.1. Óleo de copaíba (Copaifera sp.): histórico, extração, aplicações industriais e propriedades medicinais. Rev. Bras. Pl. Med., Botucatu, v.11, n.4, p.465-472, 2009.

PROFNIT. Mestrado Profissional em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia para Inovação. Disponível em . Acesso em 18 mai. 2017.

QUESTEL Co. Orbit at a glance. Disponível em . Acesso em 3 mai. 2017.

ROYAL BOTANIC GARDEN. Index Kewensis Plantarum Phanerogamarum. Oxford: Clarendon, 1893. Disponível em . Acesso em 18 mai. 2017.




DOI: http://dx.doi.org/10.9771/cp.v11i1.22725

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



Rede NIT-NE - Cadernos de Prospecção ISSN:1983-1358 (impresso) / ISSN: 2317-0026 (on-line)