MONITORAMENTO TECNOLÓGICO SOBRE BATERIAS APLICADAS À INDÚSTRIA AUTOMOTIVA: ESTUDO DO MERCADO BRASILEIRO

Diana Ribeiro dos Santos, Carla Alencar Santos Rocha

Resumo


O presente estudo caracteriza as tecnologias de armazenamento de energia com foco de aplicação na indústria automotiva, apresentando sua evolução. Investiga também o posicionamento brasileiro no desenvolvimento de tais tecnologias, bem como o interesse comercial das mesmas através da prospecção e análise de sua proteção industrial no Brasil. Para a elaboração do estudo do mercado brasileiro foram levantados os dados de depósitos de patentes no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) através da base de dados Questel. As tecnologias para armazenamento de energia mais propagadas na indústria automotiva são as baterias do tipo chumbo ácido, níquel hidreto metálico e íon-lítio. Entretanto, essas tecnologias ainda necessitam de aprimoramentos como aumento de densidade energética e da vida útil, bem como em questões de segurança. A indústria de baterias e de componentes para as baterias deve se aquecer em todo o mundo em virtude da difusão de veículos elétricos e híbrido.

Palavras-chave


Baterias automotivas; Célula a combustível; Pilhas

Texto completo:

PDF

Referências


BOCCHI, N.; FERRACIN, L. C.; BIAGGIO, S. R. Pilhas e baterias: funcionamento e impacto ambiental. Química Nova na Escola, v. 11, maio, 2000. Disponível em http://qnint.sbq.org.br/novo/index.php?hash=conceito.45 Acesso em 27 out. 2015.

CASTRO, B. H. R.; BARROS, D. C.; VEIGA, S. G. Baterias automotivas: panorama da indústria no Brasil, as novas tecnologias e como os veículos elétricos podem transformar o mercado global. BNDES Setorial Automotivo, n. 37, p. 443-496. Rio de Janeiro, BNDES, mar. 2013. Disponível em http://www.bndes.gov.br/SiteBNDES/bndes/bndes_pt/Institucional/Publicacoes/Consulta_Expressa/Tipo/BNDES_Setorial/201303_11.html Acesso em 22 out. 2015.

CASTRO, B. H. R.; FERREIRA, T. T. Veículos elétricos: aspectos básicos, perspectivas e oportunidades. BNDES Setorial Automotivo, n. 32, p. 267-310. Rio de Janeiro: BNDES, set. 2010. Disponível em http://www.bndes.gov.br/SiteBNDES/bndes/bndes_pt/Institucional/Publicacoes/Consulta_Expressa/Setor/Transporte_Urbano/201009_8.html Acesso em 12 abr. 2015

CHEN, R. et al. Disordered Lithium-Rich oxyfluoride as a stable host for enhanced Li+ intercalation storage. Advanced Energy Materials, v. 5, n. 9, maio, 2015.

FOGAÇA, J. R. V. Célula a combustível. Brasil Escola. Disponível em http://www.brasilescola.com/quimica/celula-combustivel.htm Acesso em 22 out. 2015.

LIU, T. et al. Cycling Li-O2 batteries via LiOH formation and decomposition. Science, v. 350, n. 6260, p. 530-533, out. 2015.

RENAULT, S.; BRANDELL, D.; EDSTROM, K. Environmentally-friendly Lithium recycling from a spent organic Li-Ion battery. ChemSUSChem, v. 7, n. 10, p. 2859-2867, out. 2014.




DOI: http://dx.doi.org/10.9771/cp.v10i1.17278

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



Rede NIT-NE - Cadernos de Prospecção ISSN:1983-1358 (impresso) / ISSN: 2317-0026 (on-line)