ATIVIDADE ANSIOLÍTICA E SEDATIVA DE ESPÉCIES DO GÊNERO PASSIFLORA – UM MAPEAMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO

Ana Edileia Barbosa Pereira Leal, Raimundo Gonçalves de Oliveira-Junior, Ana Paula de Oliveira, Jackson Roberto Guedes da Silva Almeida, Julianeli Tolentino de Lima

Resumo


Os transtornos de ansiedade, atualmente, são altamente prevalentes na população. Estas perturbações do sistema nervoso central tendem a seguir um curso crônico e interferem significativamente no desempenho diário do indivíduo. Folhas de diversas espécies de Passiflora são amplamente empregadas na medicina popular brasileira como ansiolítico e sedativo. Diante disso, o objetivo desse trabalho foi realizar uma prospecção científica e tecnológica sobre o uso de espécies de Passiflora com essas propriedades terapêuticas, através do mapeamento da produção científica, bem como registro de patentes. Para a realização da pesquisa científica e registro de patentes, foram utilizadas diversas bases de dados, onde o Brasil foi o maior detentor de pesquisas científicas na área, enquanto que o Japão demonstrou ser o país que mais investiu em termos de inovação e desenvolvimento tecnológico, agregado a essas propriedades terapêuticas, mesmo não sendo observada nenhuma publicação científica do país com o termo pesquisado.

Palavras-chave


ansiedade; Passiflora; patentes

Texto completo:

PDF

Referências


AMPARO, K. S, et. al. Estudo de caso utilizando mapeamento de prospecção tecnológica como principal ferramenta de busca científica. Perspectivas em Ciência da Informação, v.17, n.4, p.195-209, out./dez. 2012.

ANDREATINI, R. et al. Tratamento farmacológico do transtorno de ansiedade generalizada: perspectivas futuras. Revista Brasileira de Psiquiatria. 23(4): 233-42, 2001.

AYRES, A. S. F. S. J., et. al. Comparative central effects of the aqueous leaf extract of two populations of Passiflora edulis. Rev. Bras. de Farmacognosia. Vol. 25, nº 5. Curitiba Sept/Oct. 2015.

BARREIRO, E. J. Biodiversidade: fonte potencial para a descoberta de fármacos. Quim. Nova, Vol. 32, No. 3, 679-688, 2009.

CASTILLO, A. R.; RECONDO, R; ASBAHR, F.; MANFRO, G. G.. Transtornos de ansiedade. Revista Brasileira de Psiquiatria, v. 22, 2000.

FILHO, A. G. et al. Efeito do extrato de Passiflora edulis (maracujá) na cicatrização de bexiga em ratos: estudo morfológico. Acta Cirúrgica Brasileira. Vol. 2, 2006.

FILHO, C. B. Avaliação da Bioatividade do Flavonoide Crisina em Camundongos Submetidos ao Estresse Crônico Moderado e Imprevisível. Dissertação de Mestrado. Universidade Federal do pampa. Pós-Graduação em Bioquímica, 2014.

GAZOLA, A. C. et al. Involvement of GABAergic pathway in the sedative activity of apigenin, the main flavonoid from Passiflora quadrangularis pericarp. Revista Brasileira de Farmacognosia. vol.25, nº.2, Curitiba, Mar/Apr, 2015.

INPI. Instituto Nacional de Propriedade Insustrial. Disponível em: . Acesso em: 04 jan.. 2015.

LIMA, M. S. et al. Epidemiologia. In: HETEM, L. A. B. et al. Transtornos de Ansiedade. Atheneu, 2004. Cap. 7

MEDEIROS, J. S. et al. Ensaios toxicológicos clínicos da casca do maracujá-amarelo (Passiflora edulis, f. flavicarpa), como alimento com propriedade de saúde. Rev. Bras. Farmacognosia. Vol. 19, nº 2, João Pessoa, Abr/Jun 2009.

NADINE, K. et al. Assessment of sedative effects of Passiflora edulis f. flavicarpa and Passiflora alata Extracts in mice, Measured by telemetry. Phytother Res. 706-713, May, 2014.

NASCIMENTO, D. F. et al. Estudo de toxicologia clínica de um fitoterápico contendo Passiflora incarnata L., Crataegus oxyacantha L., Salix alba L. em voluntários saudáveis. Revista Brasileira de Farmacognosia. 261-268, Jan./Mar. 2009.

OLIVEIRA, R. B. et al. Avaliação dos efeitos depressores centrais do extrato etanólico das folhas de Synadenium umbellatum Pax. e de suas frações em camundongos albinos. Rev. Bras. Cienc. Farm. vol.44 no.3 São Paulo July/Sept. 2008

PEREIRA, M. E. C. Conceito e Classificação. In: HETEM, L. A. B. et al. Transtornos de Ansiedade. Atheneu, Cap. 1, 2004.

RAMOS, A. T et. al. Uso de Passiflora edulis f. flavicarpa na redução do colesterol. Revista Brasileira de Farmacognosia, p. 592-597, 2007.

SANTOS, K. C. S. et al. Sedative andanxiolytic effects of methanolic extract from the leaves of Passiflora actínia. Braz. arch. biol. technol. vol.49, no.4, Curitiba, July 2006.

SERAFINI, M. R.; QUINTANS, J. S. S.; ANTONIOLLI, A. R.; SANTOS, M. R. V.; QUINTANS JUNIOR, L. J. Mapeamento de tecnologias patenteáveis com o uso da hecogenina. Revista Geintec, v. 2, n. 5, p. 427-435, 2012.




DOI: http://dx.doi.org/10.9771/cp.v9i3.16424

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



Rede NIT-NE - Cadernos de Prospecção ISSN:1983-1358 (impresso) / ISSN: 2317-0026 (on-line)