PROSPECÇÃO TECNOLÓGICA DE PATENTES PARA IDENTIFICAÇÃO E QUANTIFICAÇÃO DOS COMPONENTES RESPONSÁVEIS PELA FLUORESCÊNCIA POSSÍVEIS DE SEREM ENCONTRADOS NO BIODIESEL

Humbervânia Reis Gonçalves da Silva, Alexandre Lopez Del Cid, Cristina M. Quintella

Resumo


Este trabalho tem como objetivos principais a busca de anterioridade sobre técnicas para a separação das substâncias fluorescentes presentes no biodiesel que envolve técnicas de cromatografia e destilação, além de apresentar uma visão geral do estado atual de P&D de tecnologias nesta área de estudo. A metodologia de pesquisa inicial consistiu na associação da palavra chave truncada biodies* tocopher* encontrados 5 documentos de patentes, biodies* chlorophy* encontrados 8 documentos de patentes, biodies* caroten* encontrados 7 documentos de patentes, biodies* vitamin* encontrados 10 documentos de patentes, biodies* substanc* method* encontrados 133 documentos de patentes, biodies* com o código B01D encontrados 217 documentos de patentes, mas estavam disponíveis apenas 155, biodies* com o código B01D15 encontrados 23 documentos de patentes, biodies* substanc* com o código C10L1 e o código C11C3 encontrados 27 documentos de patentes, biodies* com o código B01D, B01D15 e o código C10L1 encontrados 20 documentos de patentes, biodies* chromatograph* encontrados 13 documentos de patente. A China, os Estados Unidos, o Japão e a Coréia se destacaram nesta área com os maiores números de documentos de patentes depositados no grupo estudado, indicando que tais países estão seguros com a apropriação de seus conhecimentos. A partir da análise dos resultados encontrados na prospecção verificou-se que métodos para determinar substâncias fluorescentes presentes no biodiesel é ainda pouco explorado consistindo de oportunidades para P&D e tendo alto potencial para gerar inovação.

Palavras-chave


Prospecção Tecnológica, Biodiesel, Substâncias, Óleos

Texto completo:

PDF

Referências


DA SILVA, D. H. Protocolos de Montreal e Kyoto: pontos em comum e diferenças fundamentais. Revista brasileira de política internacional, v. 52, n. 2, Brasília, 2009.

DUPUY, N.; LE DRÉAU, Y.; OLLIVIER, D.; ARTAUD, J.; PINATEL, C.; KISTER, J. Origin of French virgin olive oil registered designation of origins predicted by chemometric analysis of synchronous excitationemission fluorescence spectra. Journal of Agricultural and Food Chemistry, v. 53, p. 9361–8, 2005.

GUNSTONE, F. D. Vegetable oils in food technology: composition, properties and uses. Scotland, UK: Blackwell Publishing. 2002. 352p.

MEHER, L. C.; VIDYASAGAR, D.; NAIK, S. N. Technical aspects of biodiesel production by transesterification: a review. Renewable Sustainable Energy Reviews, v. 10, n. 3, p. 248–268, jun. 2006.

MEIRA, M.; QUINTELLA, C. M.; FERRER, T. M.; SILVA, H. R. G.; GUIMARÃES, A. K.; SANTOS, M. A.; COSTA NETO, P. R.; PEPE, I. M. Identificação de adulteração de biocombustível por adição de óleo residual ao diesel por espectrofluorimetria total 3D e análise das componentes principais. Química Nova, v. 34, p. 621–4, 2011b.

MEIRA, M.; QUINTELLA, C. M.; TANAJURA, A. S.; SILVA, H. R. G.; COSTA NETO, P. R.; FERNANDO, J. D. S.; PEPE, I. M.; SANTOS, M. A.; NASCIMENTO, L. L. Determination of the oxidation stability of biodiesel and oils by spectrofluorimetry and multivariate calibration. Talanta, v. 85, n. 1, p. 430–4, jul. 2011a.

QIANG, L. New power generation technology options under the greenhouse gases mitigation scenario in China. Energy Policy, v. 37, p. 2440-2449, 2009.

RAIMUNDO, L. C.; AZEVEDO, C. A. L. A emergência da China e suas relações com América Latina e África Campinas. Disponível em: . Acesso em: 00 abr. 2015.

REDA, S. Y.; CARNEIRO, P. B. Thermaloxidization study of vegetable oils by ultraviolet–visible spectroscopy. Revista Ciência Agronômica, v. 40, n. 1, p. 48–53, 2009.

SARIN, R.; KUMAR, R.; SRIVASTAV, B.; PURI, S. K.; TULI, D. K.; MALHOTRA R. K. Biodiesel surrogates: achieving performance demands. Bioresour Technology, v. 100, n. 12, p. 3022–8, jun. 2009.

SIKORSKA, E.; GLISZCZYNSKA-SWKIGLO, A.; KHMELINSKII, I.; SIKORSKI, M. Synchronous fluorescence spectroscopy of edible vegetable oils. Quantification of tocopherols. Journal of Agricultural and Food Chemistry, v. 53, p. 6988–94, 2005.




DOI: http://dx.doi.org/10.9771/s.cprosp.2015.008.078

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



Rede NIT-NE - Cadernos de Prospecção ISSN:1983-1358 (impresso) / ISSN: 2317-0026 (on-line)