O TURISMO NAS INDICAÇÕES GEOGERÁFICAS: A POTENCIALIDADE DO TURISMO DE EXPERIÊNCIA NA DENOMINAÇÃO DE ORIGEM VALE DOS VINHEDOS

Marcel Azevedo Batista D´Alexandria

Resumo


As Indicações Geográficas contemplam em seu projeto a valorização do saber fazer, da tradição, o enaltecimento da singularidade. Em sua história as IGs visam evitar as falsificações dos produtos, apreciando a originalidade, entretanto as IGs podem gerar conseqüências após a sua formação. O turismo pode emergir como um subproduto das IGs, atraindo o turista para conhecer esta singularidade existente. O turismo de experiência surge como uma alternativa para agregar valor ao turismo e potencializar o turismo da região. A Denominação de Origem Vale dos Vinhedos, através dos vinhos, apresentam um potencial para desenvolver um turismo que vai além do enoturismo, pode-se buscar um turismo que abarque contemplar as sensações dos turistas.

Palavras-chave


Denominação de Origem; Turismo de Experiências; Sensações

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/s.cprosp.2015.008.044

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



Rede NIT-NE - Cadernos de Prospecção ISSN:1983-1358 (impresso) / ISSN: 2317-0026 (on-line)