ANÁLISE DE PATENTES DO MERCADO DE ALIMENTOS INDUSTRIALIZADOS NO MUNDO COM BASE NA CLASSIFICAÇÃO “A” DA WIPO

Erick Samuel Rojas Cajavilca, Natan de Souza Marques, Elaine Machado Melo, Vinício Gonçalves de Santana, Gessica Feitoza Sales, Rayldson de Souza Lobo

Resumo


Esse artigo tem como objetivo analisar as patentes depositadas no banco de dados do Espacenet referentes a tecnologias de alimentos industrializados que correspondem à classificação “A” do Código Internacional de Patentes da WIPO. Os segmentos selecionados englobam subclasses de alimentos, a saber: confeitos; produtos diets; produtos lights; alimentos semi-prontos; e alimentos funcionais. Para tanto, utilizou-se a metodologia de prospecção tecnológica em base de patentes a fim de identificar as patentes relacionadas com as tecnologias almejadas no estudo. Foram pesquisadas 1.270 patentes, das quais foram utilizadas 287 relacionadas com o objetivo da pesquisa. Além do mais, trabalhou-se também com 102 códigos, todos pertencentes à família A, classificada pelo INPI em “Necessidades Humanas”. Dessa forma, pode-se conhecer o perfil do desenvolvimento tecnológico desse segmento, tendo, para tanto, auxílio de informações como evolução do número de patentes depositadas, inventor dessas patentes, aplicantes, dentre outros. Além do mais, os países que lideram o depósito de patentes voltadas para alimentos, em quantidade, são: Canadá; Coréia do Sul e Estados Unidos, sendo os principais aplicantes e inventores também desses países, confirmando a origem das patentes.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/s.cprosp.2014.007.062

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



Rede NIT-NE - Cadernos de Prospecção ISSN:1983-1358 (impresso) / ISSN: 2317-0026 (on-line)