PROSPECÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA DE SUBSTÂNCIA SINTÉTICA DERIVADO DE MONOTERPENO

Thiago Henrique Costa Marques, Maria Leonildes Boavista Gomes Marques, Marcos Antônio de Araújo Filho, Rivelilson Mendes de Freitas

Resumo


A epilepsia é um distúrbio neurológico comum e complicado por comorbidades psiquiátricas, cognitivas e sociais. Este trabalho teve como objetivo realizar uma prospecção científica e tecnológica do uso da ciano-carvona, derivada sintética da carvona, para o tratamento e/ou prevenção de crises epilépticas. O mapeamento de patentes foi realizado nas bases de dados do Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI), Organização Mundial de Propriedade Intelectual (WIPO), Banco Europeu de Patentes (EPO) e no Banco Americano de Marcas e Patentes (USPTO). A prospecção científica foi realizada em bases de dados eletrônicas científicas (ScienceDirect, Pubmed, Web of Science e LILACS). Um depósito de patente foi localizado, e três artigos científicos publicados foram analisados. A prospecção científica reflete as lacunas da tecnológica, e mostra todo potencial farmacológico atribuído a esta substância. As patentes e artigos foram feitos nos últimos três anos. O Brasil é o único país que possui patente envolvendo a ciano-carvona.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/s.cprosp.2014.007.055

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



Rede NIT-NE - Cadernos de Prospecção ISSN:1983-1358 (impresso) / ISSN: 2317-0026 (on-line)