PROSPECÇÃO TECNOLÓGICA SOBRE A UTILIZAÇÃO DE ÓLEO DE COCO PARA PRODUÇÃO DE BIODIESEL

Alexandre Cardoso Tommasi, Antônio Genésio Vasconcelos Neto, Bruno Trindade Cardoso, Pedro Neto

Resumo


A utilização de combustíveis fósseis vem sendo questionada em função de não ser uma fonte
renovável de energia. Além disso, é uma das maiores responsáveis pela emissão de monóxido de
carbono e gás carbônico, os maiores causadores do efeito estufa. Para mitigar esses efeitos se
utilizam combustíveis alternativos, produzidos a partir de óleos vegetais que além de serem fontes
renováveis emitem menor quantidade de gases poluentes. Este trabalho prospectivo teve como
objetivo demonstrar como está o cenário dos depósitos de patentes sobre o tema biodiesel,
especialmente com a utilização de coco, cultura que o Brasil é um dos principais produtores
mundiais. Foram utilizadas buscas na WIPO, sendo encontradas 196 patentes relacionadas ao tema.
Os primeiros depósitos de patentes ligados a este tema tiveram início em 2001 mantendo um
crescimento até o ano de 2011. Observa-se que a tecnologia tem potencial para desenvolvimento de
novos projetos tanto em novas tecnologias como também aperfeiçoamento de processos já
existentes.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/cp.v7i1.11504

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



Rede NIT-NE - Cadernos de Prospecção ISSN:1983-1358 (impresso) / ISSN: 2317-0026 (on-line)