ESTUDO PROSPECTIVO SOBRE A PROTEÇÃO PATENTÁRIA DA UTILIZAÇÃO DA MAMONA (Ricinus communis L.) COM ENFOQUE PARA PRODUÇÃO DE BIOCOMBUSTÍVEIS

Everton Miranda dos Santos, Paula Bacelar Leite, Janice Izabel Druzian

Resumo


O cultivo da mamona (Ricinus communis L.) tem adquirido grande importância no Brasil, devido ao
apelo que a produção de biocombustíveis tem apresentado nos últimos anos. O presente trabalho
pretende fazer um estudo prospectivo em base de dados de patentes abarcando a utilização da
mamona, identificando quais as áreas de maior aplicação da espécie e verificando o estado da
técnica acerca da produção de biocombustíveis derivados de ácidos graxos produzidos pela planta.
Para tal foi realizado levantamento de dados junto aos bancos de dados de patentes do INPI e do
escritório de patentes Europeu – Espacenet. As áreas de maior relevância para proteção patentária
da utilização da mamona foram área farmacêutica e de aplicações médicas, aparecendo ainda as
áreas de biotecnologia de cosméticos e de agricultura como de grande relevância, já que juntas
somam 9% do total de patentes depositadas. Sendo que a utilização da mamona para produção de
biocombustíveis tem sofrido grandes avanços em especial no Brasil.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/cp.v7i1.11502

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



Rede NIT-NE - Cadernos de Prospecção ISSN:1983-1358 (impresso) / ISSN: 2317-0026 (on-line)