FILME BIODEGRADÁVEL ANTIOXIDANTE A BASE DE AMIDO E/OU FÉCULA CONTENDO FRUTAS E/OU DERIVADOS, COPRODUTOS E SUBPRODUTOS

Carolina Oliveira de Souza, Bruna Aparecida Souza Machado, Janice Izabel Druzian

Resumo


Nos últimos anos tem aumentado o interesse em desenvolver embalagens ativas que além de proteger interagem com o produto embalado. Entre os diversos tipos de embalagens ativas, as antioxidantes, com ação antioxidante sobre o produto embalado são de grande importância. O uso de plásticos sintéticos apresenta grandes vantagens, mas seu uso crescente gera preocupação devido ao descarte. Filmes biodegradáveis formulados com matérias-primas oriundas de recursos
renováveis, como a fécula/amido, não apresentam esta desvantagem. Como uma alternativa à utilização de antioxidantes sintéticos, devido ao seu potencial toxicológico, tem-se buscado utilizar fontes naturais de compostos antioxidantes, como frutas e seus derevidos. Frutas e outros vegetais contêm substâncias antioxidantes distintas, cujas atividades têm sido bem comprovadas nos últimos
anos. O estudo tem como finalidade realizar um levantamento das pesquisas realizadas sobre a utilização de amido de mandioca e produtos naturais oriundos de frutas para o desenvolvimento de embalagens biodegradáveis antioxidantes.

Palavras-chave


amido; filme biodegradável; embalagem; frutas

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/cp.v6i1.11452

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



Rede NIT-NE - Cadernos de Prospecção ISSN:1983-1358 (impresso) / ISSN: 2317-0026 (on-line)