EVOLUÇÃO DO SETOR AUTOMOTIVO COM BASE NAS PATENTES DEPOSITADAS NO INPI

Elaine Machado Melo, Erick Samuel Rojas Cajavilca, Gessica Feitosa Sales, Natan de Souza Marques, Rayldson de Souza Lobo, Vinício Gonçalves Santana

Resumo


Com o presente artigo busca-se analisar a evolução das patentes dos componentes automotivos que são refletidas pelo número de depósitos no INPI – Instituto Nacional de Propriedade Industrial, órgão responsável pelo registro de patentes no Brasil, como também a conjuntura econômica do setor. Para tanto, utiliza-se da metodologia de revisão bibliográfica e prospecção tecnológica, bastante utilizada para obter informações estratégicas sobre tecnologias. Tal processo ocorreu mediante a localização da codificação geral da família de veículos, no referido site, sendo B60 intitulada “Veículos em geral”. Dessa etapa, encontraram-se 317 patentes e 803 códigos. Os resultados demonstram a crescente evolução do setor automobilístico brasileiro, representado pelo aumento de produção nas últimas décadas e pelas políticas de desenvolvimento nacional. Dessa forma, o número de patentes depositadas no INPI, refletem o crescimento e diversificação do setor, impulsionado pela atuação no país de montadoras de destaque internacional e pelo constante implemento das políticas de inovações tecnológicas.

Palavras-chave


automóveis; prospecção tecnológica; sistema automotivo

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/cp.v6i3.11415

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



Rede NIT-NE - Cadernos de Prospecção ISSN:1983-1358 (impresso) / ISSN: 2317-0026 (on-line)