MONITORAMENTO TECNOLOGICO DO USO DA REAÇÃO WATER GAS SHIFT PARA PURIFICAÇÃO DE CORRENTES DE HIDROGÊNIO

Camila Abreu Teles, Camila Santana Carriço, Raildo Alves Fiuza Júnior

Resumo


O uso do hidrogênio como combustível tem sido intensamente estudado como alternativa aos combustíveis fósseis, reduzindo assim a emissão de compostos poluentes na atmosfera. As células a combustível atendem a essa necessidade, no entanto perdem a eficiência devido ao envenenamento do seu ânodo pela presença de CO nas correntes de hidrogênio. A reação de Water Gas Shift (WGS) é utilizada para purificação dessa corrente e além de eliminar o CO maximiza a produção de hidrogênio. Desde 1950 observa-se o depósito de patentes sobre a reação de WGS, com um significativo aumento nos últimos 10 anos. Os Estados Unidos e o Japão são os países que mais patentearam devido ao grande avanço destes países no desenvolvimento de células a combustível sendo a General Motors a maior empresa depositante. Dentre as patentes 35% são referentes ao desenvolvimento de novos catalisadores os quais são basicamente compostos por óxidos metálicos.

Palavras-chave


Hidrogênio; Células a combustível; WGS

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/cp.v6i3.11414

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



Rede NIT-NE - Cadernos de Prospecção ISSN:1983-1358 (impresso) / ISSN: 2317-0026 (on-line)