ESTUDO PROSPECTIVO DE PRODUTOS DERIVADOS DO MEL ASSOCIADO AO ÁLCOOL E TECNOLOGIAS CORRELATAS SOB O ENFOQUE EM DOCUMENTOS DE PATENTES

Marcelo Andrés Umsza Guez, Aline Rabello Costa Alves, Bethania Felix Miranda Ramos, Bruna Aparecida Souza Machado

Resumo


O mel sempre foi utilizado em várias aplicações. Atualmente, o interesse da indústria de alimentos
pela inserção de componentes naturais na elaboração de seus produtos, com tal interesse associado
principalmente às propriedades funcionais de tais componentes, abre espaço para novas aplicações
tecnológicas. O objetivo dessa prospecção foi realizar um monitoramento tecnológico para avaliar o
panorama mundial da proteção de processos e produtos relacionados a esta matéria-prima associada
ao álcool, investigando os documentos de patentes depositados por país de origem, evolução anual
de depósito e áreas de proteção dessa tecnologia no mundo. A primeira patente encontrada foi no
ano de 1948. Pode-se assim considerar esta uma tecnologia antiga, entretanto, de grande interesse
na atualidade. Os países asiáticos, em especial a China, são os principais detentores dessa
tecnologia e a maior parte das patentes está relacionada diretamente a alimentos ou produtos
farmacêuticos.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/cp.v6i2.11409

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



Rede NIT-NE - Cadernos de Prospecção ISSN:1983-1358 (impresso) / ISSN: 2317-0026 (on-line)