ESTUDO DE PROSPECÇÃO DO CONCRETO VERDE

Victor Ranieri Bonfim Sampaio de Araujo, Silvia Beatriz Beger Uchôa, Patrícia Brandão Barbosa da Silva, Thais Gama Lins de Araújo, Elaine Aroxa Pereira Galhoz Florentino

Resumo


Este artigo foi elaborado com foco nos problemas gerados pelo uso intensivo do concreto armado
pelo setor da construção civil e como o setor está procurando inovações para a diminuição dos
impactos econômicos e ambientais. Procurou-se a definição de concreto verde, ou mesmo um
concreto ecológico, como uma forma de minimizar os impactos produzidos pelo uso das matérias
primas e da emissão de gases para a atmosfera durante a fabricação do cimento. Dessa forma,
buscou-se patentes envolvendo o uso de resíduos incorporados ao concreto e que substituíssem
parte do cimento. Foram encontrados poucos documentos mostrando que o setor ainda não
despertou para esse grave problema e, mais ainda, documentos de patente que não chegaram a ser
concedidos, mostrando o pouco interesse dos fabricantes. Espera-se que haja um crescimento na
busca desses concretos verdes no futuro próximo.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/cp.v6i2.11405

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



Rede NIT-NE - Cadernos de Prospecção ISSN:1983-1358 (impresso) / ISSN: 2317-0026 (on-line)