PROCESSO DE REMOÇÃO DE METAIS PESADOS DERIVADOS DE MANDIOCA POR MEIO DA UTILIZAÇÃO DE QUITOSANA

Maria Cecília Castelo Branco Santana, Bruna Aparecida Souza Machado, Luciene de Oliveira Pereira, Janice Izabel Druzian

Resumo


A contaminação do solo tem-se tornado uma das preocupações ambientais, pelo risco da
contaminação dos alimentos que geram diversos problemas de saúde. O Brasil é o segundo maior
produtor mundial da mandioca, sendo esta muito consumida pela população e sujeita à
contaminação. Um dos métodos estudados para remoção de resíduos é a adsorção de metais com
biosorventes como a quitosana. Para a pesquisa, utilizaram-se palavras chaves e combinações em
inglês e português em buscas nos bancos de patentes Espacenet, USPTO e INPI; bancos de teses e
dissertações do portal de periódicos da CAPES e no portal da UNICAMP e banco de artigos
SCIRUS. As melhores fontes foram: ESPACENET, CAPES e SCIELO. A combinação das
palavras-chave: “heavy metals” e “chitosan” renderam maiores resultados. Algumas publicações
referem-se ao uso de quitosana como biopolímero utilizado no tratamento de resíduos contaminados
por metais pesados. A China é o país com maior número de patentes na área, com 21depósitos.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/cp.v6i4.11387

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



Rede NIT-NE - Cadernos de Prospecção ISSN:1983-1358 (impresso) / ISSN: 2317-0026 (on-line)