MONITORAMENTO TECNOLÓGICO RELATIVO A PROCESSOS E PRODUTOS DA DESIDRATAÇÃO DO GLICEROL

Camila Santana Carriço, Fernanda Teixeira Cruz, Camila Abreu Teles, Raildo Alves Fiuza Júnior

Resumo


O glicerol é um coproduto da produção de biodiesel, e por este motivo, estudos com objetivo de transformá-lo em produtos de maior interesse industrial e econômico vem sendo desenvolvidos, de modo a valorizar a produção do biocombustível. A desidratação do glicerol é rota de aproveitamento muito interessante, pois seus produtos de reação têm alto valor agregado e tem diversas aplicações na indústria. Desde a década de 20 observa-se o depósito de patentes envolvendo a desidratação do glicerol, principalmente na última década. Países como Japão, China, Reino Unido e Estados Unidos, por serem grandes produtores de biodiesel e/ou se preocuparem com energia limpa, vem depositando um grande número de patentes acerca deste tema. As empresas Nippon Catalytic Chem Ind (Japão) e a Arkema France (França) são as principais responsáveis pelo depósito de patentes, cujo principal produto de interesse é a acroleína, um aldeído acíclico de alto valor agregado.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/cp.v6i4.11375

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



Rede NIT-NE - Cadernos de Prospecção ISSN:1983-1358 (impresso) / ISSN: 2317-0026 (on-line)