Perspectivas territoriais na produção da Ação Pública entre Sociedade e Estado.

Zilma Borges

Resumo


Este artigo apresenta uma síntese da exposição seguida de debate em mesa redonda realizada no 2º. Encontro Nacional de Ensino e Pesquisa do Campo das Públicas (ENPCP) em 2018 que discutiu perspectivas de reconfiguração da ação pública no século XXI. A ação pública é uma forma de produção da política pública e de outras formas de participação e relações entre sociedade e Estado. Para viabilizar esta construção são necessários instrumentos que ampliem a condição de envolvimento e participação da sociedade. Junto a isto, a ação coletiva organizada seja a partir de interesses comuns ou por projetos, é condição crucial para sustentar a produção partilhada dessa ação pública. Neste artigo, como resultado dos debates da mesa redonda são colocados em análise alguns dos desafios para que a ação coletiva e as condições de inter-relação com o Estado se fortaleçam a partir do território, buscando avançar na discussão dessa dimensão tanto física quanto simbólica e de fluxos.

Palavras-chave


Ação Pública; Controvérsias e Conflitos; Instrumentos da Ação Pública; Participação Social; Territórios

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. ISSN: 2237-7840