Incubação de Iniciativas de Finanças Solidárias: Perspectivas da Gestão Coletiva dos Bens Comuns do Banco Comunitário Olhos D'Água em Igaci, Alagoas

Leonardo Prates Leal, Suzanny Carla Santos Almeida

Resumo


O presente trabalho tem como objetivo apresentar uma perspectiva de incubação de empreendimentos de finanças solidárias com base na metodologia de Bancos Comunitários de Desenvolvimento (BCDs), a partir da experiência realizada pela Incubadora Tecnológica de Economia Solidária da Universidade Federal de Alagoas (ITES/UFAL), Campus Arapiraca na cidade de Igaci, estado de Alagoas, em que foi realizado o trabalho de incubação do Banco Comunitário Olhos D’Água. A metodologia consiste na análise do caso em questão, visando proporcionar uma visão detalhada do Banco Comunitário Olhos D’água, permitindo uma investigação empírica dentro de seu contexto real. A metodologia adotada, também, está sintonizada com uma perspectiva teórica da gestão coletiva dos bens comuns de Ostrom (2000). Busca-se demonstrar um conjunto de princípios e métodos úteis à avaliação e incubação de iniciativas de finanças solidárias, de um modo geral, e dos bancos comunitários em particular. Ademais, o intuito é contribuir com o debate acadêmico pelo exame dos desafios associado à prática de incubação em economia solidária.

Palavras-chave


Incubação. Finanças solidárias. Bens comuns. Bancos comunitários de desenvolvimento

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. ISSN: 2237-7840