ARRANJOS DE UMA POLÍTICA: UMA ANÁLISE SOBRE O PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS

Vania Martins Pereira

Resumo


Este trabalho analisa o Programa Ciência sem Fronteiras - CsF, política pública em ciência, tecnologia e inovação (C,T&I) de maior destaque do governo atual. O Programa objetiva colocar o Brasil dentro de um parâmetro internacionalmente estabelecido de C,T&I e concorda com a ideia de se focar na inovação e no fortalecimento da indústria para a geração de crescimento econômico e desenvolvimento social. As ações buscam a mobilidade estudantil e profissional, tornando possível a experiência acadêmica e profissional em instituições de ensino e de pesquisa e em empresas internacionais. Estudos comprovam que o caminho mais comum tomado pelos países desenvolvidos e emergentes, como a Coréia, foi o desenvolvimento da C,T&I por meio da internacionalização e da maior relação entre o meio empresarial e as instituições de ensino e pesquisa. A análise sobre a implementação do Programa CsF se faz crucial para que o projeto seja eficaz. Afinal, implementar não é algo estático ou linear e sim, interativo, iterativo e necessita de governança. Dessa forma, há geração de valor público, confiança e satisfação social nas ações institucionais.

Palavras-chave


Ciência; Tecnologia; Inovação; Política; Mobilidade.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. ISSN: 2237-7840