A Percepção Identitária dos Apinayé Como Suporte Para a Gestão Social

Miguel Pacífico Filho, Airton Cardoso Cançado, Thelma Pontes Borges

Resumo


Discutiremos a Gestão Social a partir de pesquisa realizada com os índios Apinayé. O objetivo é analisar suas percepções em relação à manutenção de traços identitários. Os conceitos de tática e socialidade são o suporte para a visualização de conquista de espaços nas relações desse povo com a sociedade não indígena. Entrevistamos caciques, professores indígenas, pajés, integrantes de maior idade e indivíduos sem relação de liderança, através de entrevistas semi-dirigidas nas aldeias localizadas no município de Tocantinópolis, no extremo norte do Tocantins. Concluímos que o registro de percepções de mundo dos Apinayé fornece subsídios para a formulação de políticas públicas de acordo com as proposições da Gestão Social.

Palavras-chave


indígenas; educação; gestão social

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. ISSN: 2237-7840