(RE)PENSANDO A SUSTENTABILIDADE A PARTIR DA ECOFILOSOFIA E DA ECONOMIA SOLIDÁRIA

Eduardo Vivian Cunha

Resumo


O presente artigo pretende problematizar a noção de sustentabilidade e sua efetiva contribuição frente aos problemas ambientais atualmente vividos. Aponta-se que parte destas limitações provêm do fato de esta noção estar presa à paradigmas dominantes em nossa sociedade. Em função disto, procura-se indicar alguns caminhos possíveis para superar estas limitações, tomando-se como apoio as discussões sobre a ética ecológica contidas no “princípio responsabilidade” (Hans Jonas) e na “ecologia profunda” (Arne Naess) e sobre a antropologia e sociologia econômica (Karl Polanyi) e a economia solidária (França Filho & Laville).

Palavras-chave


stentabilidade, ética ecológica, socioeconomia, economia solidária

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. ISSN: 2237-7840