Construção Participativa (Comunidade-Universidade-Governo) de Projeto de Desenvolvimento Territorial: A Experiência do Projeto Semeie Ostras tendo como Consequência o Processo de Formação da Rede de Ostreicultores Familiares Solidários da Bahia

Miguel da Costa Accioly, Natali Lordello de Oliveira, Naiara Maria Santana Neves, Fábia Calasans, Jussara Rêgo

Resumo


O presente relato de prática descreve a estruturação da Rede de Ostreicultores Familiares Solidários da Bahia, dentro do projeto Semeie Ostras. O projeto foi pensado e elaborado, durante cerca de um ano, de forma participativa entre comunidades e órgãos governamentais. Para sua execução foi formado um conselho gestor constituído por representantes das doze comunidades componentes da Rede. Esse conselho discute e delibera sobre inúmeras atividades de cinco metas principais relacionadas a técnica de produção de ostras, gestão social, diversificação da produção, educação ambiental e capacitações. Atualmente a Rede busca sua formalização a fim de proporcionar o desenvolvimento da produção e comercialização da ostra, além de investir na resolução coletiva dos diversos conflitos e problemas enfrentados pelas comunidades. Todas essas ações do projeto têm servido como ponto para discussões dessa prática dentro do próprio Ministério da Pesca e Aquicultura como exemplo aos futuros trabalhos de intervenção em comunidades tradicionais

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. ISSN: 2237-7840