Tecnologia Social do Direito à Cidade: Relato De Uma Experiência de Pesquisa Participativa

Dagmar Silva Pinto de Castro, Sibelly Resch, Cristiane Gandolfi, Thaís Bernardes Nogueira, Antônio Coelho de Souza Nascimento

Resumo


Esse trabalho se configura como relato de prática que objetiva compartilhar a trajetória da pesquisa “Um Novo Direito à Cidade: Políticas Públicas Integradas – Um estudo de caso em escolas municipais em função da experiência com a Metodologia NEPSO” apoiada pela FAPESP e desenvolvida na cidade de Mauá, Grande ABC paulista, no período de 2005-2010 pelos parceiros: Universidade Metodista de São Paulo/Cátedra Gestão de Cidades, Prefeitura Municipal de Mauá/Secretaria de Educação e Cultura e Ação Educativa, Assessoria, Pesquisa e Informação. A trajetória teórico-metodológica utilizou uma abordagem fenomenológica, através de pesquisa-ação, história oral de vida e pesquisa participante. Como resultado da pesquisa propõe-se o alargamento da metodologia NEPSO, proposta denominada como Tecnologia Social do Direito à Cidade. Como lições aprendidas sobre a construção coletiva de pesquisa participativa, destacam-se: processo coletivo; infraestrutura objetiva; afinamento teórico entre os diferentes parceiros; mudanças de governo x pactuação e co-responsabilidade dos parceiros na construção coletiva do conhecimento

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. ISSN: 2237-7840