Políticas Públicas de Fomento à Leitura e Relação Estética Literária: Uma Abordagem Interdisciplinar de Projetos de Belo Horizonte e Campinas

Alex Bretas Vasconcelos, Ana Luiza Rocha do Valle

Resumo


Atentos às margens da sociedade, dois projetos oferecem a usuários de ônibus caminhos para o centro não só dos conhecimentos, mas de experiências novas. Propõe-se aqui uma análise interdisciplinar, contemplando conceitos e estruturas tanto retiradas do ramo das políticas públicas quanto da seara da teoria literária, em torno de dois casos concretos de políticas: o projeto Leitura para Todos, cujo formato seminal é de Belo Horizonte, MG, e o Leitura, a Melhor Viagem, sediado em Campinas, SP. A abordagem é oportuna porque o quadro de carências relativo ao estímulo do hábito de leitura, ainda a via principal de acesso ao conhecimento e à disseminação da rica literatura brasileira, é grave. A análise empreendida por este trabalho fica a cargo de destacar a simplicidade singular de ambas as iniciativas no tocante ao acesso a bens culturais literários e de descrevê-las, visando ao apontamento de suas principais valorações e deficiências

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. ISSN: 2237-7840