Aprendendo a mudar e reformar: o passo a passo dos movimentos inovadores da educação em Portugal

Cybele Amado de Oliveiral

Resumo


No âmbito das reformas universitárias a Universidade de Lisboa vivencia há três anos o
desafio de realizar mudanças qualitativas nas suas práticas de formação e de se inserir
no âmbito internacional como uma referência de excelência a nível educacional.
Impulsionados pela declaração de Bolonha, o novo reitor alavanca junto ao Conselho
Consultivo um movimento em prol de uma reforma que seja significativa para dentro da
universidade e que contribua também com o desenvolvimento do país. O papel do
gestor na dinamização desse processo de mudança é o fio condutor desse caso de
ensino. Aprendizagens, tais como manter a tradição da autonomia, garantir o alicerce
democrático da mudança, abrir-se à contribuição da sociedade e compreender que a
mudança não ocorre por decreto e sim pela ativa participação das pessoas que a
produzem e vivem são temas centrais do relato do caso apresentado

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. ISSN: 2237-7840