CINEMA IRLANDÊS CONTEMPORÂNEO: UMA ANÁLISE SOBRE A CRISE HABITACIONAL NA IRLANDA ATRAVÉS DE ROSIE (2018)

Rosilaine Costa dos Santos

Resumo


Na Irlanda, dois crescimentos econômicos ocorridos durante as três últimas décadas contribuíram para que transformações ocorressem no contexto de produção cinematográfica nacional: Tigre Celta e Fênix Celta. A partir desse cenário de transformações econômicas, representações culturais atualizadas da Irlanda passaram a ser exploradas pelos diretores. Neste artigo, daremos maior relevância à era Fênix Celta. No período da Fênix celta, tem-se o fortalecimento da crise habitacional, que denuncia aspectos da desigualdade social no país. Nesse sentido, este artigo tem como objetivo investigar as transformações sociais e identitárias da Irlanda na era Fênix Celta, focando em desenvolver uma análise, a partir de aspectos presentes no filme Rosie (2018), acerca dos efeitos da crise habitacional nas vivências da comunidade irlandesa. Ainda, a partir das discussões e reflexões levantadas neste artigo, leva-se em consideração a atenção dada às problemáticas sociais na Irlanda no contexto corrente, possibilitada por representações cinematográficas produzidas com a finalidade de suscitar olhares novos e mais empáticos sobre a sociedade irlandesa contemporânea.

Palavras-chave


Cinema irlandês contemporâneo; Tigre Celta; Fênix Celta; Rosie (2018); Crise habitacional na Irlanda.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Inventário. ISSN: 1679-1347

Instituto de Letras. Rua Barão de Jeremoabo, nº 147 CEP: 40170-115
Campus Universitário Ondina, Salvador-BA
Telefone Geral: 55-71-3283-6256

Créditos da capa: Leila França Rocha (vencedora de concurso realizado no ILUFBA em 2002).