ENTRE AFETIVIDADE, INTERAÇÃO E AUTONOMIA: REFLEXÕES DE BOLSISTAS DO PIBID INGLÊS/UEFS

Bruno Lopes de Almeida, Luciana de Jesus Lessa Censi

Resumo


O presente texto traz reflexões de dois bolsistas do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID) acerca de suas experiências nesse projeto através da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS) e da escola parceira, Colégio Estadual Eraldo Tinôco de Mello (CEETM), situada no município de Feira de Santana – BA. Para a tessitura do texto, buscamos validar nossas vivências e reflexões a partir de ideias como as de FREIRE (2002), RIBEIRO (2010) e LEFFA (2003; 2011), além disso, apontamos outras vozes do cotidiano escolar, ou seja, tentamos compreender as compreensões de outros atores da escola. É válido salientar que por detrás da lupa voltada às reflexões propostas estão os olhos de um bolsista de iniciação à docência – aluno de graduação Letras Inglês e de uma bolsista supervisora - professora de inglês da escola pública. Entende-se, por fim, que há uma grande necessidade de desconstruir ideias quanto à impossibilidade de se aprender inglês na escola pública. O PIBID tem sido uma chave para avançar em práticas que consolidam a importância e o papel desse idioma na escola.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Inventário. ISSN: 1679-1347

Instituto de Letras. Rua Barão de Jeremoabo, nº 147 CEP: 40170-115
Campus Universitário Ondina, Salvador-BA
Telefone Geral: 55-71-3283-6256

Créditos da capa: Leila França Rocha (vencedora de concurso realizado no ILUFBA em 2002).