Referencialidade, coesão estrutural e organização temporal em In Nomine a 3 de Brian Ferneyhough

Pedro Henrique de Faria

Resumo


O estudo analítico investiga os princípios estruturantes formais, temporais e rítmicos de In Nomine a 3 de Brian Ferneyhough. A análise parte da contextualização dos elementos referenciais da temática do ciclo Umbrations no qual a peça está inserida. Em seguida, é realizado um estudo detalhado da macroforma baseado na segmentação formal da peça e nas principais características organizacionais dos materiais correlacionados à temática. A última parte da análise dedica-se ao estudo minucioso dos aspectos temporais e rítmicos no âmbito da microforma da peça a partir das subseções e dos compassos individuais. A aproximação analítica empregada recorre a um conjunto de estratégias alternativas a fim de identificar e discutir os elementos estruturantes da peça inacessíveis por meio da análise tradicional da partitura, contextualizando-os ao pensamento composicional de Ferneyhough.


Palavras-chave


Música; Composição; Teoria da Música; Informática Musical.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ICTUS Music Journal Versão digital do Periódico ICTUS
ISSN: 1516-2737 | e-ISSN: 2238-6599

2020 © ICTUS Music Journal