A importância da música no fortalecimento de vínculos afetivos em famílias com bebês com Síndrome de Down

Raíssa Bisinoto Matías, Ricardo Dourado Freire

Resumo


O trabalho com bebês e crianças Portadoras de Síndrome de Down (PSD) é significativamente marcado pelas relações afetivas dessas crianças com seus pais, mães e irmãos. A aceitação da criança e a superação do “luto” pela família são aspectos fundamentais para que o acompanhamento e estimulação precoce da criança PSD tenha êxito. Diante de tal premissa, o presente trabalho conduziu uma pesquisa qualitativa de bebês PSD em aulas de música com o objetivo de investigar o papel da música no fortalecimento dos vínculos afetivos familiares. A partir dos relatos das mães e observação das respostas das crianças, foi possível verificar que as atividades musicais tornaram-se muito importante para as famílias como mediadoras das relações afetivas. Além de estimular o desenvolvimento musical, cognitivo, social e psicomotor dos bebês, a música também teve impacto no desenvolvimento dos pais e mães, auxiliando estes na superação do “luto”.

Palavras-chave


Psicologia da Música, Síndrome de Dawn

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ICTUS Music Journal Versão digital do Periódico ICTUS
ISSN: 1516-2737 | e-ISSN: 2238-6599

2020 © ICTUS Music Journal