GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS DE PELÍCULAS DE CHUMBO DE SERVIÇOS ODONTOLÓGICOS EM SALVADOR, BAHIA.

Leonardo Lordelo Sampaio, Severino Soares Agra Filho

Resumo


O gerenciamento de resíduos sólidos em serviços de saúde representa um procedimento relacionado à responsabilidade sanitária e ambiental. Em Odontologia, muitos materiais, após o seu uso, por vezes, podem ser descartados e destinados no meio ambiente. Dentre eles, destaca-se o chumbo, presente, principalmente, nas películas radiográficas. O objetivo deste artigo foi apresentar os resultados da pesquisa realizada, sobre a caracterização e avaliação do gerenciamento dos resíduos de chumbo gerados pelos serviços odontológicos em Salvador, Bahia, Como procedimentos metodológicos, foram utilizados: questionário no qual se observou uma fragilidade quanto ao gerenciamento desses resíduos perigosos, relatos de dentistas e visita técnica à principal unidade de tratamento desses resíduos coletados, citados pelos dentistas. Os principais achados dizem respeito ao fluxo de destinação desses resíduos e às diferenças de caracterização entre o ciclo praticado no gerenciamento do descarte das películas de chumbo, nos serviços odontológicos, e o que é preconizado na literatura e legislação quanto à gestão de resíduos perigosos. Os resultados sugerem, em termos gerais, que uma parte do descarte desse tipo de resíduo tem uma destinação inadequada no meio ambiente. Outra parte está sendo destinada na utilização do chumbo para confecção de bijuterias e chumbada de anzóis, e em manejo duvidoso por catadores de materiais recicláveis e recolhimento por empresa especializada para o processo de incineração.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17565/gesta.v2i1.9942

E-mail:  revista.gesta@ufba.br

https://www.facebook.com/Revista.Gesta1/

ISSN Eletrônico: 2317-563X