AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES HIDRODINÂMICAS DE WETLANDS DE ESCOAMENTO HORIZONTAL SUBSUPERFICIAL (UNIDADES PLANTADA E NÃO PLANTADA)

André Cordeiro De Paoli, Marcos von Sperling

Resumo


Este trabalho teve o objetivo de avaliar o comportamento hidrodinâmico de duas wetlands construídas (WC) de escoamento horizontal subsuperficial e analisar comparativamente os respectivos parâmetros hidrodinâmicos gerados em cada sistema. No intuito de entender esse comportamento, foi realizado um teste simultâneo com elemento traçador (82Br) nas duas wetlands, uma plantada (WP) e outra não plantada (WNP), recebendo efluente sanitário de reator UASB (equivalente populacional de 50 habitantes cada). Os estudos foram efetuados após as unidades estarem em operação por cerca de 2 anos e apresentando escoamento superficial indesejado no início do leito de ambas as unidades, com maior escoamento superficial na WP (aproximadamente o dobro da WNP). Nesse trabalho são apresentados resultados comparativos relacionados às condições hidrodinâmicas dos dois sistemas e seus respectivos parâmetros obtidos. As duas unidades de wetlands apresentaram tempo de detenção hidráulica (TDH) médio inferior ao teórico calculado em projeto, com valor ligeiramente superior para a WNP. As duas unidades apresentaram condições hidrodinâmicas similares , com a WNP apresentando número de dispersão (d) apenas um pouco inferior e número de tanques em série ligeiramente superior, comparado com a WP.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17565/gesta.v1i2.8299

E-mail:  revista.gesta@ufba.br

https://www.facebook.com/Revista.Gesta1/

ISSN Eletrônico: 2317-563X