E SE VAZAR, DERRAMAR E EXPLODIR? O TRANSPORTE RODOVIÁRIO DE PRODUTOS PERIGOSOS NA BAHIA, BRASIL

Lívia Maria da Silva Gonçalves, Luiz Roberto Santos Moraes, Cláudia de Oliveira D'Arede

Resumo


A Bahia é um dos principais corredores de transporte rodoviário de produtos perigosos do Brasil e do Mercosul, bem como de seus eventos adversos no trânsito. Este artigo visa a delinear um diagnóstico do transporte rodoviário de produtos perigosos na Bahia, levantando seu panorama geral e as vulnerabilidades e avanços vigentes, utilizando revisão bibliográfica, análise documental e entrevistas com alguns gestores envolvidos na temática. Os resultados indicam que há vulnerabilidades associadas às seguranças viária, química, institucional, política e populacional. A Região Metropolitana de Salvador é a concentradora do fluxo e dos eventos adversos com estes materiais, sendo os combustíveis líquidos, gases e corrosivos os produtos perigosos que se destacam e com danos e prejuízos que extrapolam o limite espaço-temporal. O problema é de ordem estrutural no Estado, o que exige um olhar diferenciado para que o torne uma de suas prioridades, embasado nos pressupostos de um planejamento integrado e participativo, refletindo na gestão e gerenciamento desse risco tecnológico ambiental na Bahia.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/gesta.v7i7.28104

E-mail:  revista.gesta@ufba.br

https://www.facebook.com/Revista.Gesta1/

ISSN Eletrônico: 2317-563X