UTILIZAÇÃO DA ESPECTRORRADIOMETRIA NA CARACTERIZAÇÃO DO TEOR DE MATÉRIA ORGÂNICA PRESENTE NO SOLO

Ayala de Souza Reis Carneiro, Taise Bomfim de Jesus, Erli Pinto dos Santos, Rosângela Leal Santos

Resumo


O comportamento espectral do solo é condicionado por todos os elementos que o constituem. A matéria orgânica atua de forma peculiar no solo, influenciando diretamente em suas propriedades físicas, químicas, biológicas, mineralógicas; portanto, apresenta forte relação com a sua resposta espectral. Neste sentido, o objetivo do trabalho foi demonstrar o potencial da espectrorradiometria na caracterização da matéria orgânica de solos, confrontando a variável reflectância espectral com a quantificação da matéria orgânica de amostras de solo coletadas no Centro de Agroecologia Rio Seco – UEFS, aplicando também a técnica da remoção do contínuo, sobre os dados de reflectância, como técnicas de extração de informações de dados hiperespectrais. A espectrorradiometria apresentou-se como uma técnica eficaz, rápida e não destrutiva, fornecendo dados significativos para caracterização de amostras de solo. O processamento dos espectros originais com a técnica de remoção do contínuo possibilitou avaliar as bandas de absorção e o relacionamento destas com a presença de matéria orgânica no solo, aumentando o detalhamento das informações contidas nas curvas espectrais.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/gesta.v7i7.28086

E-mail:  revista.gesta@ufba.br

https://www.facebook.com/Revista.Gesta1/

ISSN Eletrônico: 2317-563X