SERVIÇOS PÚBLICOS DE SANEAMENTO BÁSICO EM SALVADOR-BA: ESTUDO SOBRE AS DESIGUALDADES DE ACESSO

Patrícia Campos Borja, Daniel Augusto Frediani, Tarssio Brito Barreto, Luiz Roberto Santos Moraes

Resumo


O artigo discute a desigualdade no acesso aos serviços públicos de saneamento básico na cidade de Salvador-BA frente aos investimentos realizados nas últimas décadas. Para isso, foram utilizados dados do Censo Demográfico de 2010, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e do Sistema Nacional de Informações sobre o Saneamento (SNIS).  Para o estudo foram selecionadas variáveis sociais (escolaridade, etnia e renda) visando investigar os avanços do acesso aos serviços, frente a estas variáveis. No estudo considerou-se que a desigualdade é fruto de uma realidade estrutural das sociedades capitalistas, sendo que o acesso aos serviços públicos de saneamento básico é um dos indicadores capazes de revelar processos excludentes próprios de uma sociedade guiada pela produção e circulação de mercadoria para produção de valor. O estudo revelou a desigualdade no acesso aos serviços públicos de saneamento básico em Salvador, constatando-se a existência de relações estatísticas significantes (p


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17565/gesta.v3i2.13048

E-mail:  revista.gesta@ufba.br

https://www.facebook.com/Revista.Gesta1/

ISSN Eletrônico: 2317-563X