OCUPAÇÃO URBANA EM ÁREA DE MANGUEZAL: ESTUDO DE CASO DO BAIRRO TEOTÔNIO VILELA NO MUNICÍPIO DE ILHÉUS-BA

Elzita Ferreira Vidal

Resumo


O presente estudo tem como objetivo geral analisar o processo de ocupação de umaárea de manguezal no bairro Teotônio Vilela, da cidade de Ilhéus - BA, considerandoo histórico da ocupação e os impactos desta ocupação sobre o ecossistemamanguezal. Para entender o problema da ocupação desordenada em áreasperiféricas, e de modo particular, em áreas de manguezais, no referencial teóricobusca-se a compreensão do fenômeno “ocupação urbana”, através de conceitos eteorias elaboradas por vários autores; as questões relacionadas com as cidades, suafunção social, os fatores que impactam a sua realidade, como a ocupação do solo, oplanejamento e a gestão urbana, o saneamento básico, as políticas públicas e osimpactos ambientais oriundos da degradação, entre outros. Além disso, procura-setratar do ecossistema manguezal, sua natureza e fragilidade face às ameaçasantrópicas. A pesquisa aplicada, de caráter descritivo, tem como sujeitos osmoradores que vivem no entorno do bairro, mais especificamente na área domanguezal, e busca avaliar a percepção que estes têm da sua vida no bairro e dasquestões sócio-ambientais que os cercam. Trata-se de um estudo de caso que, apartir da construção de um quadro atual da realidade socioeconômica e ambiental deuma área do bairro, serve para subsidiar os gestores públicos, a associação demoradores do bairro e demais atores envolvidos com este espaço da cidade de Ilhéus-BA.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17565/gesta.v2i2.12792

E-mail:  revista.gesta@ufba.br

https://www.facebook.com/Revista.Gesta1/

ISSN Eletrônico: 2317-563X