AÇÕES INTEGRADAS DE MANEJO DE ÁGUAS PLUVIAIS NO ESTADO DA BAHIA: O ESTUDO DE CASO DO MUNICÍPIO DE LAURO DE FREITAS (BA)

Renavan Andrade Sobrinho, Raimundo Freitas Neves

Resumo


O acelerado desenvolvimento urbano associado à ocupação de áreas de risco e a falta de planejamento, tem frequentemente favorecido a ocorrência de desastres naturais no município de Lauro de Freitas/Ba. Assim, baseando-se em estudos e enfatizando a importância da chamada “Drenagem Sustentável”, buscou-se a implementação de ações preventivas que considerem a correção das vazões ao longo dos cursos d’água, propiciando a infiltração natural na bacia de drenagem do Rio Ipitanga. Neste sentido, este artigo visa analisar as soluções e medidas para prevenção de novas ocorrências de desastres naturais, bem como o planejamento e a ordenação das futuras ocupações urbanas, uma vez que, os impactos ambientais nos recursos hídricos após a intervenção antrópica são uma realidade inegável. O modelo apresentado busca uma inter-relação entre a necessidade de obras de intervenção nos cursos d'água urbanos, juntamente com a necessidade premente de harmonização com o meio ambiente, onde as medidas mitigadoras adotadas levem em consideração a infiltração natural da bacia de drenagem. 


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17565/gesta.v3i2.12780

E-mail:  revista.gesta@ufba.br

https://www.facebook.com/Revista.Gesta1/

ISSN Eletrônico: 2317-563X