Periferização e metropolização no Brasil e na Bahia: o exemplo de Salvador

Angelo Serpa

Resumo


Neste artigo, discute-se os processos de metropolização e periferização na Bahia e no Brasil a partir do exemplo de Salvador-BA, abordando-se temas correlatos como a criação de regiões metropolitanas na escala nacional, os movimentos migratórios campo-cidade, a industrialização, a “favelização” e os recentes fenômenos de suburbanização e “involução metropolitana”, observados nas metrópoles nacionais. Em um segundo momento, a análise está focada na organização espacial do município de Salvador e de sua região metropolitana bem como na distribuição das classes sociais no espaço urbano e metropolitano. Conclui-se, para o caso da capital baiana, que polarização social e espacial são fenômenos manifestos em todo o território metropolitano e não só na produção de habitações como também na oferta de lazer e de emprego, de comércio e serviços, etc. Mas, mesmo com déficits evidentes de infra-estrutura, com o quadro generalizado de pobreza, desemprego e problemas ambientais, os bairros populares da metrópole são centrais para a diversidade social e cultural no espaço metropolitano. E isso acontece apesar da concentração dos equipamentos culturais nos bairros de classe média em Salvador e nos demais municípios da Região Metropolitana.

Abstract

THE PERIPHERY AND METROPOLITAN PROCESS IN BRAZIL AND BAHIA: THE SALVADOR EXAMPLE

This article argues the periphery and metropolitan process in Bahia and in Brazil using the Salvador-BA example, approaching topics kike the metropolitan regions creation in national scale, the migratory movements field to city, the industrialization, the raising of “favelas” and the recent phenomena of suburban arise and “metropolitan involution”, observed in Brazilian metropolis. On a second moment, the analyses focus the spatial organization of Salvador and its metropolitan region as well as the social classes distribution in urban and metropolitan space. The conclusion is that, for the Bahia capital social and spatial polarization are phenomena present in all the metropolitan territory and not only in residences production bat also in recreation and work, shopping and services offering. Not at all, even with evident essential public services deficits, a generalized scene of poverty, unemployment and environment problems, the metropolitan popular quarters are central for social and cultural diversity in metropolitan space. And this happens in spite of the concentration of cultural equipments in middle class quarters in Salvador and in the other Metropolitan Region cities.

Palavras-chave


Periferização; Metropolização; Regiões metropolitanas; Áreas de urbanização popular; Cidade popular / Periphery and metropolitan process; Metropolitan regions; Popular urbanization areas; Popular city

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/1984-5537geo.v3i0.3044

GeoTextos. ISSN eletrônico: 1984-5537
                 ISSN impresso: 1809-189X