O modelo de urbanização brasileiro: notas gerais

Leandro da Silva Guimarães

Resumo


O texto busca analisar a desigualdade social no Brasil por meio do processo de espacialização dessa mesma desigualdade, nesse sentido, arranha as margens do que se convencionou chamar de modelo de urbanização brasileiro e de como esse mesmo modelo produziu metrópoles gentrificadas e excludentes. Assim, nesse artigo discute-se a exclusão urbana brasileira por meio da consolidação de espaços periféricos, ou, de modo mais genérico, de periferias. O texto em tela é resultado de pesquisas desenvolvidas na Universidade Federal Fluminense em nível de mestrado. Em tal estudo, procurou-se compreender a gênese de um loteamento urbano, localizado no Município de São Gonçalo, estado do Rio de Janeiro, denominado Jardim Catarina, para entender quais as problemáticas socioespaciais que lhe deram origem. Nesse sentido, essa análise torna-se consubstancial para o entendimento das desigualdades sociais e espaciais no Brasil, bem como o papel do Estado como gestor do ordenamento socioespacial do território e principal agente na solução de tais problemas. Espera-se que, com a materialização de um estudo de maior monta, em relação ao qual esse artigo é só um micro trabalho, fiquem evidentes subsídios que contribuam para o arranjo e a cristalização de políticas públicas que deem conta das desigualdades sociais e sirvam para alavancar um país com cidades mais justas e igualitárias.

Abstract

MODEL OF BRAZILIAN URBANIZATION: GENERAL NOTES

The full text format seeks to analyze the social inequality in Brazil through the spatial process of that inequality in this sense it analyzes, scratching the edges of what is known of the Brazilian urbanization model and how this same model produced gentrification cities and exclusive. So search the text discuss the country’s urban exclusion through consolidation of what is conventionally called peripheral areas, or more generally, of peripheries. The text on screen is the result of research carried out at the Federal Fluminense University in Masters level. In this study, we tried to understand the genesis of an urban housing development located in São Gonçalo, Rio de Janeiro called Jardim Catarina. Understand what the problem space partner who originated it. In this sense, his analysis becomes consubstantial to understand the social and spatial inequalities in Brazil, as well as the role of the state as planning manager socio-spatial planning and principal agent in the solution of such problems. It is expected that with the realization of a study of greater amounts, from which this article is just a micro work can contribute subsidies that contribute to the arrangement and crystallization of public policies that give account of social inequalities and serve to leverage a country more fair and equitable cities.

Palavras-chave


Urbanização; Periferia; Desigualdade; Território / Urbanization; Periphery; Inequality; Territory

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/1984-5537geo.v12i1.14084

GeoTextos. ISSN eletrônico: 1984-5537
                 ISSN impresso: 1809-189X