A PRESENÇA DAS MULHERES IDOSAS NO MOVIMENTO DOS/AS APOSENTADOS/AS E PENSIONISTAS NA BAHIA

Eulália Lima Azevedo

Resumo


O/as idosos/as do país continuam se empenhando através do movimento político organizado dos(as) aposentados(as) e pensionistas para garantir sua voz no contexto de participação democrática. A disposição de enfrentamento político dos velhos e velhas nascida, em grande parte, ainda na juventude, mantém-se de formas diversas, adequando-se ao curso das mobilizações no seio da luta política que reivindica direitos de trabalhadores(as) no centro da histórica luta entre trabalho e capital. Uma nova representação da velhice se constitui nesse processo. Essa geração de velhos trabalhadores moldaram suas experiências, enquanto atores políticos, na condição de militantes e dirigentes nos sindicatos. Em dadas circunstâncias, em função de fatores objetivos, desprenderam-se do movimento sindical e construíram seu caminho próprio. Confiantes nas suas possibilidades, se apresentaram como interlocutores de seus pares junto aos poderes constituídos. Trago para esta discussão a participação das mulheres velhas que vincaram suas vidas nas imposições de gênero, e vieram também trazer ao movimento suas especificidades no entendimento das demandas das pessoas que envelhecem. Apresentam-se sob a motivação do voluntariado, pensam em ajudar na Associação dos Aposentados e Pensionistas; “a associação é pobre” não pode pagar nada pelo trabalho que elas fazem. Foco este trabalho na reflexão sobre a peculiaridade de atuação das mulheres idosas. Elas trazem para o espaço pautado genuinamente pela luta política, o movimento dos (as) aposentados(as) e pensionistas, a singularidade do cuidado já expresso no texto de Idma (1992). Tomo por base as observações que faço das interpretações que homens e mulheres idosos(as) fazem das suas vivências nesse movimento sob a influência da COBAP, em Salvador/Bahia.

Palavras - chave: Aposentadoria; cuidado, Gênero, gerações, velhice

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.