NOTAS SOBRE DESIGUALDADES DE GÊNERO NO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE

Mariana Dórea Figueiredo Pinto, Maria Helena Santana Cruz

Resumo


O presente artigo é um recorte de uma investigação com abordagem quali-quantitativa sobre os/as docentes do curso de Ciências Contábeis da Universidade Federal de Sergipe (UFS). Tendo como objetivo analisar as desigualdades de gênero, a pesquisa foi realizada no período de agosto a novembro de 2015, através de questionários com questões abertas e fechadas, com todos/as os/as contabilistas do curso, sendo 13 no total. A análise dos dados, através da Análise de Conteúdo, permitiu compreender os motivos que levaram homens e mulheres a escolher a Contabilidade, uma área que já foi considerada tipicamente masculina, além de apontar formas sutis de discriminação e segregação das mulheres no curso de Ciências Contábeis, exigindo delas um esforço adicional para terem o mesmo reconhecimento que os homens.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.