Estilos de gestão, cultura organizacional e desempenho escolar

Eudes Oliveira Cunha, Maria Couto Cunha

Resumo


Este artigo apresenta os resultados de uma pesquisa que analisou a gestão manifestada nos elementos da cultura da escola e sua relação com o desempenho em duas instituições públicas de Educação Básica da rede municipal de ensino de Salvador, Bahia, com resultados contrastantes no indicador de qualidade, expresso pelo Ideb. Trata-se de uma pesquisa qualitativa do tipo estudo de caso comparativo, sendo a coleta de dados feita por meio de observações e entrevistas, bem como da consulta a documentos. Os resultados demonstraram realidades opostas em diversos aspectos relacionados à gestão das escolas, nas dimensões administrativo-burocrática, pedagógica e política, e confirmaram a relação existente entre as variáveis gestão e desempenho escolar. Os dados mostraram que a gestão da escola de melhor desempenho se distingue pela participação da comunidade, melhor controle dos processos e maior integração entre os sujeitos. Na escola de baixo desempenho, a gestão se caracterizou por relações informais e maior incidência de conflitos entre os sujeitos. Verificou-se, ainda, que os fatores internos da escola desempenharam papel importante na explicação do fenômeno, demonstrando a relevância do estudo da gestão na perspectiva da interação dos sujeitos.

Palavras-chave


Administração das instituições de ensino; Organizações escolares; Avaliação escolar.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/2317-1219rf.v5i1.6733

Revista entreideias: educação, cultura e sociedade, desde 2012. ISSN: 2317-1219 (online)
www.entreideias.ufba.br
Antiga Revista da FACED, desde 1994