Educação como Prática da Liberdade e Movimento Software Livre: colaboração mediada pelas TIC

Ilse Abegg, Fábio da Purificação De Bastos, Felipe Martins Müller

Resumo


Neste texto, mostramos como o modo de produção colaborativo (bazar) do Movimento Software Livre (MSL) se aproxima da Educação como Prática da Liberdade (EPL), principalmente, quando a produção escolar a distância for mediada pelas Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) livres. A participação nas instâncias produtivas do conhecimento potencializa a comunicação e colaboração, tornando as práticas escolares a distância mediadas pelas TIC livres mais participativas, viável-possível e necessária para a inclusão socioeducacional e melhoria na qualidade de vida dos envolvidos.

Palavras-chave


Educação como Prática da Liberdade; Movimento Software Livre; Colaboração Mediada pelas TIC

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/2317-1219rf.v14i15.3445

Revista entreideias: educação, cultura e sociedade, desde 2012. ISSN: 2317-1219 (online)
www.entreideias.ufba.br
Antiga Revista da FACED, desde 1994