Uma ONG e suas práticas pedagógicas: uma contribuição para a educação não-formal

Marco Antonio Leandro Barzano

Resumo


O objetivo deste texto é discutir acerca da Organização Não-Governamental (ONG) como um potencial espaço educativo de Educação Não-Formal. Para auxiliar nessa discussão, aponto alguns resultados da pesquisa que desenvolvi no doutorado, em que analisei as práticas pedagógicas da ONG Grãos de Luz e Griô, localizada na cidade de Lençóis, no estado da Bahia. Constatei que esta instituição, possui algumas peculiaridades em sua abordagem pedagógica e isto, em minha análise, contribui para a necessidade de maior aprofundamento da discussão a respeito da educação não-formal.

Palavras-chave


Educação não-formal. Organização Não-Governamental. Grãos de Luz e Griô.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/2317-1219rf.v14i15.3306

Revista entreideias: educação, cultura e sociedade, desde 2012. ISSN: 2317-1219 (online)
www.entreideias.ufba.br
Antiga Revista da FACED, desde 1994